Acne

A acne é uma inflamação de pele que ocorre principalmente nos adolescentes, continue lendo para entender melhor.

A acne é uma inflamação das glândulas sebáceas que resulta em cravos e espinhas na pele. Elas são mais frequentes durante a puberdade, mas também ocorrem em adultos.

As lesões da acne podem provocar dor e afetar o psicológico da pessoa por causa da aparência estética, atingindo a autoestima e deixando-a insegura, tímida e deprimida.

Causas da acne

A principal causa da acne são os hormônios sexuais que começam a ser produzidos na puberdade e, por isso, os adolescentes são os mais atingidos pela acne.

Os hormônios sexuais podem superestimular a produção de sebo nas glândulas sebáceas e deixando os poros cheios de substâncias que irão originar os cravos na pele.

O rompimento dos poros faz com que as substâncias sejam liberadas no interior da pele, originando as espinhas.

O acúmulo de células mortas também pode ser uma das causas da acne pois elas obstruem os folículos pilosos formando um ambiente ótimo para que as bactérias colonizem, causando uma inflamação.

Sintomas da acne

Os sintomas da acne são as lesões na pele que podem ocorrer na face, no pescoço, no peito, nas costas e nos ombros.

  • Cravos brancos: formados por glândulas sebáceas obstruídas com o orifício fechado.
  • Cravos pretos: são glândulas sebáceas obstruídas com o orifício aberto, o sebo em contato com o ar oxida e fica preto.
  • Espinhas: são glândulas sebáceas inflamadas, vermelhas e podem estar cheias de pus. Podem doer e formar nódulos elevados e cheios de líquido.

Graus da acne

A acne pode apresentar vários graus, fazendo com que o tratamento também seja diferenciado.

Acne grau I

A acne grau I é a fase que possui apenas cravos que podem ter poros abertos ou fechados.

Acne – Grau I

Acne grau II

A acne grau II também apresenta cravos, mas além disso, tem espinhas inflamadas e avermelhadas que podem ter pus.

Acne – Grau II

Acne grau III

A acne grau III ocorre quando, além de cravos e espinhas inflamadas, aparecem lesões nodulares grandes e endurecidas.

Acne – Grau III

Acne grau IV

A acne grau IV é grave e tem muitas lesões nodulares que deixam cicatrizes fundas.

Acne – Grau IV

Acne grau V

A acne grau V é rara e o tipo mais grave, apresenta muitas lesões nas costas e peito e pode desenvolver feridas grandes e difíceis de tratar.

Acne – Grau V

Tratamento da acne

O tratamento da acne visa manter os poros desobstruídos, reduzindo assim a inflamação e melhorando o aspecto estético da pele.

O médico indicado para diagnosticar e tratar a acne é o dermatologista. Dependendo do grau e do tipo de acne que o paciente apresenta, o tratamento pode ser tópico ou com medicamentos de uso oral.

Prevenção da acne

A prevenção da acne pode ser feita através de:

  • Higienização correta da pele com sabonetes indicados para peles acneicas ao menos duas vezes ao dia.
  • Limpeza de pele.
  • Evitar o uso de cosméticos sem prescrição médica.
  • Evitar a exposição prolongada ao sol.
  • Evitar situações de estresse.
  • Não deixar o cabelo encostando na face o tempo todo.
  • Não tentar espremer as lesões da acne.
  • Manter uma vida saudável.

Acne tem cura?

Quanto mais cedo a acne começar a ser tratada, mais chances a pessoa tem de não ter cicatrizes e curar essas inflamações.

Mas, mesmo nos casos em que a cura não é atingida, a acne pode ser tratada e controlada com a ajuda de um médico dermatologista.

Veja também:

Glândulas sebáceasGraus de acne
Comments (0)
Add Comment