Exercícios sobre a Revolta da Vacina

Confira os Exercícios sobre a Revolta da Vacina que selecionamos para você!

Sabemos que a Revolta da Vacina foi um levante popular que ocorreu em 1904, na então capital federal, Rio de Janeiro.

Sendo assim, responda os exercícios sobre a Revolta da Vacina que selecionamos para você!

Exercícios sobre a Revolta da Vacina

1- A Revolta da Vacina foi uma rebelião popular que tinha como objetivo:

a) Lutar contra a criação do Sistema Único de Saúde (SUS).
b) Lutar contra a campanha de dedetização pública
c) Lutar contra a campanha de vacinação pública direcionada aos descendentes de escravos.
d) Lutar contra a campanha de vacinação pública.

2-Qual era o nome do médico que articulou a campanha de vacinação pública que ocorreu na cidade do Rio de Janeiro, em 1904?

a) Oswaldo Cruz
b) Reginaldo Cruz
c) Pedro Gadelha
d) Oswaldo Gadelha

3- Qual era o objetivo da Revolta da Vacina?

a) Erradicar a gripe suína.
b) Erradicar o zika vírus.
c) Erradicar a varíola.
d) Erradicar a gripe.

4- Quais eram as medidas que a Lei da Vacina Obrigatória de 1904, determinavam?

a) Autorizava os funcionários da saúde a vacinarem todos os brasileiros a partir dos seis meses de idade contra a gripe suína, sob pena de multas e demissões.
b) Autorizava os funcionários da saúde a vacinarem todos os brasileiros a partir dos seis meses de idade contra a varíola, sob pena de multas e demissões.
c) Autorizava os funcionários da saúde a vacinarem todos os brasileiros a partir dos 18 anos de idade contra o zika vírus, sob pena de multas e demissões.
d) Autorizava os funcionários da saúde a vacinarem todos os brasileiros a partir dos seis meses de idade contra a gripe, sob pena de multas e demissões.

5- O final do século XIX e início do XX foi marcado pela eclosão de várias epidemias no Brasil. Marque a alternativa que contenha as doenças que infestaram o país.

a) Peste bubônica, malária, febre amarela e zika vírus.
b) Gripe, malária, febre amarela e varíola.
c) Peste bubônica, gripe suína, febre amarela e varíola.
d) Peste bubônica, malária, febre amarela e varíola.

6- (Unitau) – No governo Rodrigues Alves (1902-1906), ocorreu a revolta da vacina, que estava contextualizada:

a) na modernização e no saneamento do Rio de Janeiro.
b) na modernização e no saneamento do Brasil como um todo.
c) no combate às doenças epidêmicas promovido pela ONU.
d) na recepção aos imigrantes.
e) na oposição entre os setores rural e urbano.

7-  (UNIFOR CE/1999) – O movimento popular conhecido como Revolta da Vacina (1904) tem início no Rio de Janeiro após a aprovação da lei que torna obrigatória a vacina contra a varíola. 

Na raiz da Revolta está a

a) rebelião dos marinheiros, que ocorreu em unidades da Marinha brasileira no Rio de Janeiro.
b) insatisfação de setores militares que pregavam a moralização da política e defendiam o capital nacional.
c) extinção da Guarda Nacional, causando agitação nos quartéis cariocas.
d) organização da Coluna Prestes que nascia da reunião dos grupos de militares liderados por Miguel Costa e o capitão Luís Carlos Prestes.
e) reurbanização do centro da cidade feita pelo prefeito Pereira Passos com o apoio do presidente Rodrigues Alves.

8- (Cesgranrio) O governo Rodrigues Alves (1902-1906) foi responsável pelos processos de modernização e urbanização da Capital Federal – Rio de Janeiro. Coube ao prefeito Pereira Passos a urbanização da cidade e ao Dr. Oswaldo Cruz o saneamento, visando a combater principalmente a febre amarela, a peste bubônica e a varíola. Essa política de urbanização e saneamento público, apesar de necessária e modernizante, encontrou forte oposição junto à população pobre da cidade e à opinião pública porque:

a) mudava o perfil da cidade e acabava com os altos índices de mortalidade infantil entre a população pobre.
b) transformava o centro da cidade em área exclusivamente comercial e financeira e acabava com os infectos quiosques.
c) desabrigava milhares de famílias, em virtude da desapropriação de suas residências, e obrigava a vacinação antivariólica.
d) provocava o surgimento de novos bairros que receberiam, desde o início, energia elétrica e saneamento básico.
e) implantava uma política habitacional e de saúde para as novas áreas de expansão urbana, em harmonia com o
programa de ampliação dos transportes coletivos.

9- (Fac. Cultura Inglesa SP/2014) – À margem da pretensa civilização, essa camada da população era submetida a condições de trabalho subumanas, mergulhada no analfabetismo e morrendo por causa de doenças como febre amarela, peste bubônica, varíola […].

O projeto de reforma urbana do Rio de Janeiro, conhecido como “Bota Abaixo” e implantado pelo prefeito Pereira Passos, e a política sanitarista do dr.

Osvaldo Cruz desencadearam um movimento popular na capital da República. Trata-se da

a) Revolta da Chibata.
b) Revolta da Vacina.
c) Guerra do Contestado.
d) Guerra de Canudos.
e) Revolta de Juazeiro.

10- (PAES MG/2004) NÃO foi fator que contribuiu para a Revolta da Vacina (agosto de 1904):

a)as profundas frustrações socioeconômicas da população, acumuladas desde o Governo de Campos Sales.
b)o boato divulgado pela oposição ao Governo Federal de que a vacina, além de não imunizar, representava um risco de vida e um meio de contágio.
c)a insatisfação social acentuada com a implantação de projetos de embelezamento do Rio de Janeiro, destruindo cortiços e afastando a população pobre para a periferia.
d)a depredação do patrimônio público e particular e a indicação do sanitarista Osvaldo Cruz para comandar o trabalho de erradicação das epidemias no Rio de Janeiro.

Gabarito

1-D
2-A
3-C
4-B
5-C

6-A
7-E
8-C
9-B
10-D

Clique aqui para baixar em PDF!

Saiba mais em:

Revolta da Vacina
Comments (0)
Add Comment