23 Mulheres poderosas que marcaram a história

Ao longo da história, diversas mulheres quebraram padrões e foram pioneiras em diversas áreas que eram dominadas por homens.

Ao longo da história, mulheres foram ensinadas a desempenharem atividades mais discretas, relacionadas ao lar e ao cuidado da família. Dessa forma, atividades relacionadas ao estudo ou a vida social foram desempenhadas apenas por homens.

No entanto, surgiram mulheres dispostas a desafiar o padrão imposto e a realizar coisas que só eram feitas por homens, como estudar Matemática, pilotar aviões e até mesmo liderar guerras. Essas mulheres foram pioneiras e causaram enormes mudanças na história.

Para conhecer melhor algumas dessas mulheres, confira a lista com 23 mulheres que mudaram o mundo em diversas áreas, algumas delas ainda causam mudanças na sociedade atual.

Hipátia (351/370-415)

Hipátia de Alexandria – A matemática, filósofa e astrônoma. Imagem da atriz Rachel Weisz no filme “Alexandria”, dirigido por Alejandro Amenábar.

Hipátia foi uma filósofa grega e a primeira mulher documentada como matemática. Ela foi chefe da escola platônica em Alexandria, onde também ensinou sobre astronomia. Hipátia ficou famosa por solucionar diversos desafios matemáticos.

Joana D’arc (1412-1431)

Joana D’arc – Heroína francesa e santa canonizada pela Igreja Católica, conhecida por seus feitos durante a Guerra dos Cem Anos. Imagem da atriz Maria Falconetti no filme “A Paixão de Joana D’arc”, dirigido por Carl Theodor Dreyer.

Ainda na adolescência, Joana D’arc conseguiu convencer o rei de que ela poderia liderar o exército francês durante a Guerra dos Cem Anos. Assim, ela conduziu o exército para uma série de vitórias contra os ingleses. Por causa disso, Joana D’arc é considerada uma grande heroína francesa, sendo até santa canonizada pela Igreja Católica.

Ada Lovelace (1815-1852)

Ada Lovelace, escritora, matemática e primeira programadora da história. Pintura de Alfred Edward Chalon, em 1840.

Augusta Ada King, Condessa de Lovelace, ou apenas Ada Lovelace, foi uma matemática e escritora inglesa. Ela é conhecida como a primeira programadora de computadores da história, já que criou o primeiro algoritmo para ser processado por uma máquina. Seu trabalho inspirou a criação dos computadores modernos.

Bertha von Suttner (1843-1914)

Bertha Felicie Sophie von Suttner foi a primeira mulher ativista a receber um Nobel da Paz. Além de pacifista e escritora, foi compositora de música austro-húngara.

Bertha Felicie von Suttner foi uma nobre, escritora, pacifista e compositora austro-húngaro. Ela se destaca por sua contribuição em busca da paz mundial, organizando congressos pela paz na Europa. Por causa disso, Bertha von Suttner foi a primeira mulher ativista a receber um Nobel da Paz.

Emmeline Pankhurst (1858-1928)

Emmeline Pankhurst foi uma das fundadoras do movimento britânico do sufragismo. Lutou pelo direito ao voto para mulheres de classe média alta.

Emmeline Pankhurst foi uma das fundadores do movimento sufragista britânico, que lutava pelo direito de voto para mulheres de classe média alta no período anterior a Primeira Guerra Mundial. Mesmo com todas as divergências, o movimento alcançou o direito ao voto no Reino Unido e é uma das bases do feminismo moderno.

Marie Curie (1867-1934)

Marie Skłodowska Curie foi uma cientista e física, conhecida por conduzir pesquisas pioneiras no ramo da radioatividade. Foi a primeira mulher a receber um Prêmio Nobel e a primeira pessoa e única mulher a ganhar o prêmio duas vezes.

Marie Skłodowska Curie foi uma cientista polonesa que conduziu pesquisas pioneiras sobre radioatividade. Ela descobriu dois novos elementos, o rádio e o polônio, além de desenvolver várias outras pesquisas sobre radiação.

Suas descobertas científicas renderam um Nobel de Química e outro de Física, sendo a única pessoa a receber o prêmio duas vezes em diferentes áreas científicas.

Eleanor Roosevelt (1884-1962)

Anna Eleanor Roosevelt foi primeira-dama dos Estados Unidos de 1933 a 1945. Apoiou a política do New Deal, criada por seu marido e tornou-se grande defensora dos direitos humanos.

Anna Eleanor Roosevelt ficou mais conhecida por ter sido a primeira-dama dos Estados Unidos de 1933 a 1945. No entanto, ela também atuou como diplomata e ativista. Eleanor Roosevelt lutou para melhorar as condições das mulheres trabalhadoras.

Ela também atuou na comissão que elaborou a Declaração dos Direitos Humanos e liderou uma comissão sobre o Status da Mulher.

Elisa Leonida Zamfirescu (1887-1973)

Elisa Leonida Zamfirescu foi uma das primeiras mulheres engenheiras do mundo.

Elisa Leonida Zamfirescu foi uma engenheira romena, sendo conhecida por ser uma das primeiras mulheres engenheiras no mundo.

Ela se formou pela Universidade Técnica de Berlim em 1912, uma época em que ainda não era comum que mulheres seguissem carreira na área de engenharia. Elisa trabalhou com a identificação de reservas de recursos como cobre e ferro, além de chefiar laboratórios.

Komako Kimura (1887-1980)

Komako Kimura foi uma atriz, dançarina, sufragista, diretora de teatro, editora de revistas e uma das mais famosas feministas do Japão.

Nascida no Japão, Komako Kimura foi uma atriz, dançarina, diretora de teatro e editora de revistas. Desde a infância, ela foi ensinada a ser uma esposa perfeita, mas acabou fugindo de um casamento arranjado aos 14 anos. Dessa forma, ela se tornou uma dançarina e atriz famosa que passou a publicar revistas voltadas para os direitos das mulheres.

Por causa disso, Komako passou a ser perseguida pelo governo japonês, sendo presa e inocentada em julgamento. Ela participou das marchas sufragistas de Nova York, nos Estados Unidos, e levou a luta feminista para o Japão, sendo a pioneira do feminismo no país.

Amelia Earhart (1897-desaparecida em 1937)

Amelia Mary Earhart foi pioneira na aviação dos Estados Unidos, autora e defensora dos direitos das mulheres.

Nascida nos Estados Unidos, Amelia Mary Earhart foi uma pioneira na aviação, além de autora e defensora dos direitos das mulheres.

Ela foi a primeira mulher a voar sozinha sobre o Oceano Atlântico. Além disso, ela escreveu diversos livros sobre suas experiências de voo e incentivou mulheres a pilotar.

Frida Kahlo (1907-1954)

Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderón foi uma famosa pintora mexicana.

Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderón, ou apenas Frida Kahlo, foi uma pintora mexicana conhecida por seus retratos e autorretratos inspirados na natureza e na cultura do México.

Em suas obras, ela trabalhou temas como identidade e gênero e questões do feminino. Por causa disso, Frida é celebrada nos movimentos feminista e LGBTQ, já que também era bissexual.

Madre Teresa de Calcutá (1910-1997)

Madre Teresa de Calcutá foi uma religiosa católica, fundadora da congregação das Missionárias da Caridade, cujo objetivo era ajudar os mais pobres por meio da vivência do Evangelho de Jesus Cristo. Recebeu um Nobel da Paz.

De etnia albanesa, mas naturalizada indiana, Madre Teresa de Calcutá foi uma religiosa católica que fundou as Missionárias da Caridade, uma congregação cujo o objetivo é ajudar os mais pobres. A sua congregação se espalhou pelo mundo, com membros em 139 países.

Por causa de seu trabalho, Madre Teresa de Calcutá recebeu um Nobel da Paz em 1979. Ela também foi canonizada santa pela Igreja Católica, em 2016.

Rosa Parks (1913-2005)

Rosa Parks foi uma ativista negra norte-americana, símbolo do movimento dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos.

Rosa Parks foi uma ativista negra estadunidense. Ela ficou famosa por se recusar a ceder o seu lugar no ônibus a uma pessoa branca. Esse simples ato foi o estopim do boicote aos ônibus de Montgomery, acontecimento que iniciou a luta contra a segregação. Por causa disso, Rosa Parks se tornou o símbolo do movimentos dos direitos civis dos negros nos Estados Unidos.

Rosalind Franklin (1920-1958)

Rosalind Elsie Franklin foi uma química britânica que contribuiu para o entendimento das estruturas moleculares do DNA, RNA, vírus, carvão mineral e grafite.

Nascida no Reino Unido, Rosalind Elsie Franklin foi a química responsável pelo entendimento das estruturas moleculares do DNA, RNA, vírus, carvão mineral e gravite.

A sua principal contribuição foi a Foto 51, que possibilitou a descoberta da dupla-hélice do DNA, mas, infelizmente, ela só foi reconhecida por isso após sua morte.

Sofia Ionescu (1920-2008)

Sofia Ionescu-Ogrezeanu foi a primeira mulher neurocirurgiã do mundo.

Sofia Ionescu-Ogrezeanu foi a primeira médica neurocirurgiã do mundo, fato reconhecido apenas em 2005. Após a Segunda Guerra Mundial, ela fez parte da equipe que ajudou a modernizar a neurocirurgia na Romênia.

Durante toda a sua carreira, Sofia enfrentou preconceitos, até entre os colegas de profissão, que duvidavam da sua habilidade como neurocirurgiã.

Margaret Thatcher (1925-2013)

Margaret Hilda Thatcher foi uma política britânica que serviu como primeira-Ministra com o maior período no cargo durante o século XX e a primeira mulher a ocupá-lo.

Margaret Hilda Thatcher, Baronesa Thatcher de Kesveten, foi uma política britânica que atuou como Primeira-Ministra do Reino Unido entre 1979 e 1990. Ela foi a primeira mulher a ocupar o cargo e a Primeira-Ministra que passou o maior período na posição durante o século XX.

Anne Frank (1929-1945)

Annelies Marie Frank foi uma adolescente alemã de origem judaica, vítima do Holocausto. Autora do notável “Diário de Anne Frank”.

Anna Frank foi uma alemã de origem judaica, sendo uma das vítimas do Holocausto da Segunda Guerra Mundial. Durante a guerra, ela e sua família viveram escondidos em um prédio comercial. No entanto, perto do fim do conflito, a família de Anne foi traída e levada para campos de concentração, onde ela e sua irmã morreram.

Após o fim da guerra, seu pai descobriu que o diário em que Anne escrevia havia sido salvo e o enviou para ser publicado. Assim, O Diário de Anne Frank se tornou um dos livros biográficos mais vendidos, sendo o retrato da guerra do ponto de vista de uma adolescente.

Margaret Hamilton (1936- )

Margaret Heafield Hamilton é uma cientista da computação, engenheira de software e empresária estadunidense. Dirigiu o desenvolvimento do programa de voo usado no projeto Apollo 11, a primeira missão tripulada à Lua.

Margaret Heafield Hamilton é uma engenheira de software e cientista da computação. Ela fez parte da equipe que desenvolveu o programa de voo espacial do Apollo 11, primeira missão em que pessoas foram à Lua. O software desenvolvido por ela possibilitou o pouso.

Por essa e outras contribuições para a área de computação, Margaret Hamilton foi premiada com a Medalha Presidencial da Liberdade pelo então presidente Barack Obama, em 2016.

Valentina Tereshkova (1937- )

Valentina Vladimirovna Tereshkova é a primeira cosmonauta e a primeira mulher a ter ido ao espaço.

Valentina Vladimirovna Tereshkova é a primeira astronauta a ter ido ao espaço, feito realizado em 16 de junho de 1963. Ela passou quase três dias no espaço, completando 48 órbitas ao redor da Terra. Em seu retorno para a Terra, ela foi condecorada heroína da União Soviética.

Nadia Elena Comăneci (1961- )

Nadia Elena Comăneci é uma ex-ginasta que disputou a modalidade artística e recebeu a primeira nota 10 da história da ginástica.

Nascida na Romênia, Nadia Elena Comăneci é uma ex-ginasta na modalidade artística. Ela foi a primeira ginasta a conquistar uma nota dez, de desempenho perfeito. Além disso, ela conquistou nove medalhas olímpicas, sendo cinco de ouro. Por isso, Nadia é considerada uma das melhores atletas do século XX.

Chimamanda Ngozi Adichie (1977- )

Chimamanda Ngozi Adichie é reconhecida como uma das mais importantes jovens autoras anglófonas de sucesso, atraindo uma nova geração de leitores de literatura africana.

Chimamanda Ngozi Adichie é uma escritora nigeriana que se tornou conhecida por ser uma das mais jovens e importantes autoras em língua inglesa da atualidade. Em seus livros, ela escreve sobre a realidade das mulheres de países africanos. Além disso, Chimamanda também é feminista, dando palestras sobre a luta das mulheres.

Katie Bouman (1989- )

Katherine Louise Bouman é uma professora e pesquisa métodos computacionais para geração de imagens. Ela foi uma das pessoas responsáveis pela reprodução da primeira imagem de um buraco negro. Nesta foto, ela posou junto com os discos rígidos que continham as informações da imagem.

Em 2019, com apenas 29 anos, Katie Bouman foi a cientista da computação que desenvolveu o algoritmo que permitiu as primeiras fotografias de um buraco negro da história.

O formato dos buracos negros foram previstos por Albert Einstein há mais de cem anos, mas essa foi a primeira vez que foram fotografados. Assim, as pesquisas de Katie ajudam na compreensão do universo e do próprio planeta Terra.

Malala Yousafzai (1997- )

Malala Yousafzai é uma ativista paquistanesa. Foi a pessoa mais jovem a ganhar um prémio Nobel.

Malala é uma ativista do Paquistão, país com forte presença de grupos terroristas, os talibãs. Com apenas 11 anos, ela escreveu um texto falando sobre a sua realidade durante a ocupação talibã e sobre o acesso à educação na região em que vivia. A partir disso, Malala foi se tornando uma ativista conhecida, o que a fez sofrer um ataque, em 2013.

No entanto, o ataque aumentou a fama da Malala, fazendo com que ela se tornasse uma famosa ativista pelo acesso de crianças à educação e pelos direitos humanos das mulheres. Em 2014, Malala recebeu um Nobel da Paz, sendo a pessoa mais nova a receber esse prêmio.

Veja também:

Feminismo
15 mulheres importantes que mudaram o Brasil

Grandes mulheresMulheres importantesMulheres na ciênciaMulheres na históriaMulheres na políticaMulheres nas guerras
Comments (0)
Add Comment