Meios de comunicação na educação infantil

Saiba como é possível fazer com os meios de comunicação se tornem ferramentas na hora de educar as crianças

0

O ser humano é capaz de  se comunicar de uma maneira única.  Além do aspecto natural, as pessoas  ainda criaram objetos para facilitar ainda mais o entendimento da fala e da escrita.

A necessidade de comunicação já se inicia antes que a pessoa consiga  falar. Dessa forma, mesmo ainda bebês, as crianças se comunicam por gestos e movimentos.

Sabendo disso, hoje em dia, com a irreversível expansão tecnológica,  um dos grandes desafios é fazer com crianças se interajam com meios de comunicação, sem que haja uma relação de abuso.

Desse modo, usar os meios de comunicação na educação infantil é desafiador, entretanto não usá-los  não é mais uma possibilidade. A nova geração está completamente inserida em um mundo em que a internet, o celular e a televisão tomaram uma proporção gigantesca.

Portanto, é necessário  utilizar caminhos didáticos para que essa troca possa ser saudável. Além disso, é importante fazer com que a criança entenda que os meios de comunicação não são somente os mais modernos, por mais que esses sejam os que elas mais tenham contato atualmente.

Os meios de comunicação

Cartas, murais, celular, televisão, rádio, , jornais, revistas, computador, e mais uma série de outros são meios de comunicação.

Alguns já estão caindo em desuso, entretanto, mesmo que em proporções menores, ainda são usados como forma de comunicação.

Como o celular está tomando um espaço cada vez maior e a televisão já faz esse papel, abaixo segue algumas dicas de como usar esses meios a favor de pais e professores.

Meios de comunicação
Meios de comunicação

O celular

O celular é o objeto que pode comportar praticamente todos os outros meios de comunicação. Sendo assim, usá-lo da forma adequada pode ser um grande aliado na hora de educar as crianças.

Já que não é mais possível competir com as novas tecnologias, a solução é se juntar a elas, não é mesmo? A boa notícia é que  há diferentes formas de fazer isso.

Por exemplo, ao invés dos grupos de trabalho agirem de forma avulsa, sem um auxílio do professor, que tal fazer um grupo no whatsApp? Desse jeito, é possível haver  uma interação maior.

Com isso, o professor pode contar com  a ajuda de ferramentas online e estimular debates e discussões sobre diversos temas. Esse assuntos  podem ser sobre algo que já foi falado ou ainda será discutido em sala de aula.

Falando nisso, durante a aula, ao invés de ter que ficar implorando para que os alunos parem de utilizar o celular, o objeto pode ser usado como uma ferramenta. No momento de fazer uma pesquisa ou ilustrar alguma coisa, é uma ótima oportunidade de usá-lo.

Para as crianças menores, um bom caminho é não baixar as redes sociais no celular. Ao invés disso, fazer o download de jogos educativos pode ser uma boa forma de interação.

Criança jogando no celular
Criança jogando no celular

 

A televisão

A televisão ainda é uma das grandes distrações das crianças. Dessa forma, é essencial um controle dos conteúdos que chegam até elas através da TV.

Uma dica é procurar por desenhos educativos, que realmente irão agregar algum conhecimento. Além disso, é importante que as crianças não tenham o controle remoto nas mãos. Isso é importante para que não corram o risco de assistir conteúdos inadequados.

Ademais, aos pais e também professores, fica a responsabilidade de sempre olhar a classificação indicativa de cada programa.

É importante ressaltar que essas dicas são apenas algumas, perto de uma série de possibilidades que podem ser feitas com o auxílio dos meios de comunicação. Cabe a cada um procurar a melhor forma de encaixá-los no dia a dia, de maneira que fique bom, tanto para quem ensina, quanto para quem aprende.

Além disso, é fundamental que educadores (professores, pais ou responsáveis) possam dar exemplo daquilo que pode ou não fazer. Dizer a uma criança que usar muito o celular não é saudável , no entanto fazer isso, vai fazer com que ela aprenda o contrário.

 

Vendo TV criança
Criança vendo TV
você pode gostar também