Dia das Bruxas

Mundialmente conhecido, o Halloween advém de práticas celtas e atualmente consiste em uma das datas comemorativas em que mais se consome doces

0

O dia das Bruxas, também conhecido como Halloween, é comemorado em diversos países, com ênfase nos Estados Unidos, Canadá, Irlanda e Inglaterra no dia 31 de outubro. Hoje, a principal atração da data é a tradição de crianças saírem de porta em porta, fantasiadas da forma mais assustadora possível, em busca de doces.

Origem

O Halloween tem mais de 2500 anos e teve origem com o povo celta que habitava onde hoje corresponde aos países da Alemanha, França e Inglaterra, através do festival Samhain, que homenageava o rei dos mortos.

Esse festival tinha duração de três dias, de 31 de outubro a 2 de novembro, e nele eram realizados agradecimentos a colheita realizada durante todo o ano, além da passagem do ano novo.

Além disso, as casas eram “decoradas” com objetos assustadores como caveiras, ossos e abóboras enfeitadas, com objetivo de espantar os espíritos maus que os celtas acreditavam sair dos cemitérios para empossar os corpos dos vivos.

Essa festa e crenças foram disseminadas pela Europa durante o processo de ocupação das terras europeias.

Entretanto, durante o período denominado como Idade Média, passaram a ser condenados pela Inquisição, de modo a ser chamado pejorativamente de Dia das Bruxas.

Assim, aqueles que comemoravam esta data acabavam perseguidos, torturados e até condenados à morte por paganismo.

No mesmo período, numa tentativa de diminuir as influências pagãs, o festival foi cristianizado pela Igreja, a partir da criação do Dia de Finados, que ocorria no que seria o último dia do Samhain.

História

O Dia das Bruxas da forma que se conhece hoje adquiriu forma entre 1500 e 1800, ainda no continente europeu. Durante a Grande Fome, ocorrida na Irlanda na segunda metade do século XVII, mais de um milhão de pessoas imigraram ao continente americano, e foi assim que essa tradição chegou aos Estados Unidos.

Por lá, o chamado Halloween é o maior feriado não cristão do país. Com o decorrer do tempo, essa comemoração foi exportada para outros países, como o Brasil.

Devido ao fato de que essa comemoração adquire diferentes características em cada país que é realizado, por se adequar às tradições e crenças locais, atualmente ele possui diferentes objetivos que vão desde a celebração dos mortos.

O marco do fim do verão e início do outono no hemisfério norte, ou simplesmente dar a liberdade para que as pessoas possam, por um dia, deixar a imaginação as levar para algum lugar imaginário que sempre quiseram estar, de forma socialmente aceitável.

Símbolos

Durante essa comemoração, alguns símbolos específicos já são caricatos e automaticamente remetem ao Halloween. Assim, são costumeiramente utilizados em decorações.

  1. Bruxas
  2. Abóboras e velas
  3. Gato preto
  4. Vassoura
  5. Morcego
  6. Maçã
  7. Zumbis

Brincadeiras

Desde sua disseminação pela Europa até hoje, foram acrescentadas diversas práticas ao Dia das Bruxas que acentuavam sua comemoração. Uma delas foram as brincadeiras, usualmente realizadas para entreter crianças e adolescentes.

Gostosuras ou travessuras (caça aos doces)

Se trata da brincadeira mais famosa, e uma das tradições mais marcantes do halloween estadunidense. Pode ser realizada de duas formas.

Ou os participantes saem de porta em porta em busca de doces, ou são desafiados por adultos a encontrarem doces escondidos em um local específico (alguma casa, escola ou terreno). Em ambos os casos os jovens utilizam fantasias engraçadas ou assustadoras.

Verruga da Bruxa

Após pregar o desenho de uma bruxa na parede e entregar goma de mascar aos participantes, o objetivo é fazer com que estes, com os olhos vendados, consigam mascar e colocar o chiclete no nariz da bruxa. O prêmio desta brincadeira é um doce.

Frankestein

Com a utilização de revistas, cola, cartolina e tesoura, o objetivo é fazer com que os participantes montem um Frankestein a partir de recortes nas revistas e colagem. O prêmio desta brincadeira também é um doce.

Brincadeira: Frankestein (recortando revistas, jornais e fazendo colagens)

Procurando a aranha

Após esconder uma aranha de borracha ou plástico em uma casa ou quarto, o objetivo é fazer com que os participantes, utilizando apenas de uma lanterna, a encontre no escuro. A pessoa ou grupo que encontrar primeiro é o vencedor e deve ser premiada com guloseimas.

Trick or treat

A brincadeira se trata de encher uma urna com papéis escritos “trick” e outros “treat”. Coloque uma música para tocar, organize os participantes em círculos e coloque a urna para passar de mão em mão enquanto toca a canção.

De tempos em tempos, a música deve ser parada, e a pessoa que estiver com a urna na mão deve pegar um papel. Caso tire um “treat”, é premiada com um doce, mas se for “trick”, deve pagar um mico ou uma prenda.

Nos Estados Unidos, a expressão “trick or treat” é utilizada pelas crianças ao pedir doces nas portas das casas. Assim que são recebidas pelos anfitriões, entoam a frase na expectativa de ganharem guloseimas.

Pega maçãs

Para essa brincadeira, existem duas versões: ou as maçãs são penduradas em galhos de árvores baixos ou colocadas em uma bacia com água cheia. Entretanto, o objetivo é o mesmo: fazer com que os participantes peguem essas maçãs com a boca, tendo suas mãos amarradas para trás.

Contando histórias

De forma interativa, a brincadeira visa estimular a criatividade de todos os participantes. Assim, todos devem se organizar em círculo, determinar um tema, e cada pessoa deve inventar uma determinada parte; tendo fala por determinado tempo.

Brincadeira: Contando historias

Prova do caldeirão

Nessa brincadeira, os participantes se colocam de pé em volta de um caldeirão ou uma panela e dão as mãos. O objetivo criar uma receita.

Assim, a primeira pessoa fala um ingrediente, e as que se seguirem precisarão repetir os ingredientes já citados e acrescentar mais um. Quem errar, terá que iniciar novamente o jogo.

Brincadeira: Prova do caldeirão

Fantasias

Durante o Halloween, a criatividade rola solta. Assim, das diversas fantasias utilizadas, as mais comuns costumam ser:

  • Bruxas
  • Super-heróis
  • Profissões
  • Zumbis
  • Personagens de filmes, séries e desenhos
  • Vampiros
  • Múmias e caveiras
  • Palhaços
  • Cores mais utilizadas: laranja, preto e roxo

Brasil

A comemoração desta data no Brasil é recente, com pouco mais de 20 anos. Com influência das práticas americanas, chegou ao país tropical por influência e disseminação da televisão e das escolas de idiomas, que geralmente tentam fazer com que seus alunos realizem profunda imersão na cultura de onde querem aprender a língua.

Entretanto, a comemoração desta data no Brasil sempre foi muito criticada. Os argumentos são muitos e vão desde a incompatibilidade da festa com a cultura local, até o corrompimento dos valores cristãos.

Segundo os críticos, a cultura brasileira já é rica em folclore o suficiente, a ponto de não precisar que sejam incorporados elementos festivos estrangeiros no país.

Seguindo essa linha, em 2005 foi sancionada a lei federal de nº 2.762/2003 que institui o Dia do Saci também no dia 31 de outubro. A intenção é valorizar e celebrar o folclore brasileiro através da figura do Saci, um menino de uma perna só.

Veja também:

 

você pode gostar também