Google Meet dá mais poderes a professores e conexão ao Classroom

Professores poderão encerrar chamadas e controlar o microfone de todos os participantes envolvidos na ligação.

0

O Google divulgou novas funcionalidades para o Google Meet, plataforma de videoconferência da empresa, que ganhou bastante popularidade durante a pandemia. A primeira funcionalidade é um comando adicional aos professores que utilizam a plataforma. Em breve, eles contarão com a capacidade de encerrar chamadas para remover da ligação todos os usuários. Dessa forma, ninguém ficará na sala após o horário. 

Para evitar interferências, conversas paralelas e barulhos domésticos, os profissionais também podem “mutar” todos os participantes de uma só vez e até administrar se os alunos podem controlar o botão de ligar novamente o microfone. 

Ainda sobre a atuação dos profissionais da educação, recursos de moderação vão ser adicionados ao Google Meet para tablets e smartphones, incluindo controle do compartilhamento de tela e da entrada na sala. 

A esperada integração entre o Meet e a plataforma de ensino Google Classroom está confirmada ainda para 2021. A partir da novidade, será ainda mais fácil reunir a turma inteira em uma chamada pré-programada, além do compartilhamento de materiais. 

Para os alunos, a principal atualização é a edição de reações em forma de emoji. O intuito é que os estudantes “comentem” a aula com sentimentos, sem interromper o conteúdo. De acordo com a empresa, melhorias em privacidade, segurança e qualidade das videochamadas também foram ampliadas.

Você também pode se interessar por: Programa da Casa da Ciências está com vagas abertas para alunos de todo país

você pode gostar também
Deixe um comentário