Independência do Brasil

A independência do Brasil ocorreu no dia 7 de setembro de 1822.

0

A independência do Brasil ocorreu no dia 7 de setembro de 1822, tendo como principal marco o grito da independência proferido por Pedro de Alcântara.

Esse ato determinou o fim da relação colonial existente por mais de três séculos entre o Brasil e Portugal. Como uma nação independente, o país se transformou uma Monarquia, com a coroação de Dom Pedro I.

Qual a data da independência do Brasil?

A data da independência do Brasil é o dia 7 de setembro de 1822

Independência do Brasil: Resumo

Após o Dia do Fico, Dom Pedro começou a tomar atitudes que indicavam a separação entre o Brasil e Portugal.

A primeira ação foi expulsar do Rio de Janeiro, soldados portugueses que não juraram fidelidade à ele. Depois, se aproximou da elite conservadora, nomeando José Bonifácio como ministro.

Assim, Dom Pedro conseguiu o apoio dos proprietários rurais, grandes comerciantes, juízes e altos funcionários. Tal apoio era essencial para que a proclamação da independência ocorresse sem modificar a ordem social e econômica do Brasil, e principalmente, garantir sua permanência como monarca.

Agosto e setembro de 1822, foram meses decisivos para a separação entre a metrópole (Portugal) e a colônia (Brasil).

No mês de agosto, D. Pedro anunciou que todos os soldados portugueses que chegassem ao Brasil, seriam considerados inimigos.

No início de setembro, as Cortes de Lisboa enviaram diversas cartas desautorizando a postura de D. Pedro e exigindo que ele retornasse à Portugal.

Não acatando às ordens das Cortes, no dia 7 de setembro de 1822, nas imediações do rio Ipiranga, em São Paulo, D. Pedro declara independência ao Brasil, que passou a se chamar Império do Brasil.

Coroado em dezembro de 1822, D. Pedro se tornou o imperador do país, com o título de Dom Pedro I.

É importante salientar que a declaração de independência não foi aceita rapidamente em todas as regiões do país. Somente as províncias de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo que apoiaram o novo regime imperial.

O Nordeste, Norte e Sul se mantiveram fiéis às Cortes de Lisboa e as tropas portuguesas foram mantidas nessas regiões, resistindo à instalação de um governo independente no Brasil.

Com isso, iniciou-se uma série de conflitos que ocorreram entre os anos de 1822 a 1823, conhecidos como as Guerras da Independência.

Causas da Independência do Brasil

As principais causas da Independência do Brasil, foram:

  • Transferência da Corte Portuguesa para a colônia, em 1808
  • Abertura dos portos brasileiros
  • Construção de bibliotecas, teatros e universidade
  • Elevação do país à condição de reino
  • Revolução Liberal do Porto
  • Dia do Fico

Processo de independência do Brasil

O processo de independência do Brasil ocorreu a partir da exigência das Cortes Portuguesas ao retorno de Dom Pedro à Portugal.

Em 1821, chegou um documento exigindo que Dom Pedro voltasse à Portugal, como reação, foi criado o Clube da Resistência. Em janeiro de 1822, um documento com mais de oito mil assinaturas exigindo a permanência do príncipe regente no Brasil, foi entregue à ele.

Em maio de 1822, foi estabelecido o Cumpra-se, determinando que as leis advindas de Portugal só seriam seguidas no Brasil com a o aval de Dom Pedro.

A relação das Cortes portuguesas com o Brasil tornava-se cada vez mais delicada, a medida em que obrigavam o retorno do príncipe regente à metrópole. Esse foi o processo que determinou a independência do Brasil de Portugal.

Quem proclamou a independência do Brasil?

Quem proclamou a independência do Brasil, foi o príncipe regente, Dom Pedro.

Saiba mais em:

você pode gostar também