O que é verbo

Verbos são palavras que flexionam em pessoa, número, modo, tempo e voz para indicar, principalmente, ações.

0

Verbo é a classe de palavras que flexiona em pessoa, número, modo, tempo e voz para indicar:

  • Ação (correr, nadar);
  • Desejo (querer, esperar);
  • Estado (estar, ficar);
  • Fenômeno (chover, ventar);
  • Ocorrência (nascer, acontecer).

A principal característica dos verbos são as flexões que a palavra pode sofrer e não o significado dela. Assim, as flexões verbais são:

  • Pessoa
    • Primeira: quem fala (eu e nós);
    • Segunda: com quem se fala (tu e vós);
    • Terceira: de quem se fala (ele, ela, eles e elas).
  • Número
    • Singular: um sujeito (eu, tu, ele e ela);
    • Plural: vários sujeitos (nós, vós, eles e elas).
  • Modo
    • Indicativo: usado para indicar realidade (ex: ele gosta de doce);
    • Subjuntivo: usado para indicar possibilidade (ex: se ele gostasse de doce);
    • Imperativo: usado para indicar ordem (ex: goste do doce).
  • Tempo
    • Presente: fato que acontece no momento da fala (ex: eu brinco de boneca);
    • Pretérito: fato anterior ao momento da fala (ex: eu brinquei de boneca);
    • Futuro: fato que ainda vai acontecer (ex: eu brincarei de boneca).
  • Voz
    • Ativa: sujeito é quem realiza a ação (ex: eu marquei com caneta);
    • Passiva: sujeito é quem sofre a ação (ex: eu fui marcada com caneta);
    • Reflexiva: sujeito é quem realiza e sofre a ação (ex: eu me marquei com caneta).

Tipos de verbo

A classificação dos verbos é feita da seguinte forma:

  • Verbos regulares: não sofrem alteração no radical (ex: gostar, correr, abrir);
  • Verbos irregulares: sofrem alteração no radical quando conjugados (ex: dar, querer, medir);
    • Verbos anômalos: quando a alteração no radical é muito profunda (ex: vir e ser);
  • Verbos defectivos: aqueles que não são conjugados em todas as pessoas, tempos e modos. Existem três tipos de verbos defectivos:
    1. Verbos impessoais: indicam, principalmente, fenômenos da natureza, então são conjugados na terceira pessoa do singular (ex: nevar, trovejar);
    2. Verbos unipessoais: indicam vozes dos animais e são conjugados na terceira pessoa do singular ou do plural (ex: latir, miar);
    3. Verbos pessoais: possuem sujeito, mas não são conjugados em todas as pessoas (ex: banir, falir);
  • Verbos abundantes: verbos que aceitam duas ou mais formas, geralmente no particípio (ex: aceitado e aceito).

Veja também: Substantivo simples

você pode gostar também