Qual par define o sexo feminino?

Entenda como é o processo de fecundação dos cromossomos e como eles são representados geneticamente

0

A espécie humana é considerada dioica. Isso que dizer que as pessoas possuem apenas um órgão reprodutor. Logo,  são machos ou fêmeas.

Para conseguir diferenciar homens de mulheres existem os cromossomos sexuais, o quais definem o sexo do bebê. E hoje, o assunto principal é sobre qual par define o sexo  feminino.

No entanto, antes, é importante entender que cada indivíduo possui cadeias de DNA ligadas às proteínas, os cromossomos. Cada pessoa tem 46 deles, e desses, dois correspondem a um par sexual, o qual define o sexo do bebê.

Sexo feminino - simbolo

Desse modo, para um melhor entendimento , os cromossomos são representados pelas letras X e Y. O feminino é o XX e o masculino XY.

As mulheres são XX porque  possuem dois cromossomos do par sexual igual. Já no homem, é diferente. O par de cromossomos é dividido em dois. Ou seja, cromossomo sexual X e cromossomo sexual Y.

Como é o processo de reprodução para que nasça uma menina?

Para que as pessoas possam se reproduzir é necessário acontecer a fecundação. Dessa forma, é preciso que se tenha um gameta feminino e um masculino.

O primeiro é o óvulo (feminino) e o segundo o espermatozoide (masculino). Cada um deles representa metade dos cromossomos que o humano precisa, 23. Sendo assim, conclui-se que eles apresentam apenas um cromossomo sexual.

Portanto, é necessário a fecundação para que eles se tornem um par.  Como já foi dito, o cromossomo sexual X é o único apresentado pelas mulheres. Enquanto os homens apresentam os gametas X e gametas Y.

Então, o sexo da bebê já é decidido assim que o óvulo (X) é fecundado. Se nesse processo a fecundação for de um espermatozoide X,  a criança será uma menina, XX.

Entretanto, se o espermatozoide for Y, será um menino, XY. Dessa forma, para a genética, na gestação, a probabilidade de o feto ser menino ou menina é de 50%.

Fecundação - definição do sexo
Fecundação – definição do sexo

você pode gostar também