Afrodite – Deusa do amor, da beleza e sexualidade

A Mitologia Grega é composta por diversos deuses. Afrodite, a deusa do amor, é um exemplo. Conheça a história dessa divindade.

0
Afrodite, na Mitologia Grega, era a deusa do amor, beleza e sexualidade. Ela era considerada como a figura de beleza ideal para os gregos na antiguidade. Além disso, na Idade Moderna, foi inspiração para grandes astistas do Renascimento.

Na Grécia Antiga, Afrodite era cultuada e ainda associada aos prazeres carnais. Isso justificava o motivo de a deusa ter sido considerada a protetora das prostitutas. Então, a partir dessa ligação, surgiu o termo “afrodisíaco”.

As principais rivais de Afrodite foram Hera, a deusa dos céus, maternidade e do matrimônio, Atena, a deusa da sabedoria, e Perséfone, deusa das ervas, flores, frutos e perfumes. Todas possuíam ligações com Zeus, o deus dos deuses.

Quem foi Afrodite? 

A deusa Afrodite nasceu na Ilha de Creta. Ela era filha de Zeus, o deus dos deuses e dos homens, e Dione, deusa das ninfas. A deusa do amor nasceu com uma beleza inigualável e além disso, era muito vaidosa, charmosa, vingativa e sedutora.

Afrodite foi obrigada a se casar com Hefesto, deus do fogo. Nessa união, não tiveram nenhum filho, pois Afrodite, que primava pela beleza, achava seu esposo feio. Então, a deusa seduziu diversos homens e dessas variadas relações, vieram vários filhos.

O que significa Afrodite?

O nome Afrodite vem de “aphros” e significa “espuma”. Essa nomenclatura surgiu da origem da deusa. Em alguns casos, acreditam que a divindade da beleza tenha nascido das espumas do mar.

Neste mito, Afrodite era retratada com os olhos tão azuis quanto o céu e a pele, tão branca quanto as nuvens. Por isso, os deuses a nomearam como a nascida das espumas, a mais bela de todas as deusas.

Deusa do Amor

Afrodite, a deusa do Amor, foi casada com o deus do fogo. Apesar disso, seduziu diversos homens e teve diversos amantes. Dessas uniões, surgiram diversos filhos. Herfesto, casado com Afrodite, ao descobrir as traições da amada, prendia uma amante em uma rede mágica.

Além dos relacionamentos com deuses, Afrodite também se envolveu com homens mortais. Como destaque, pode-se citar Adônis, um belo jovem que conseguiu chamar a atenção de duas filhas de Zeus, Perséfone e Afrodite.

Historia de Afrodite

Existem duas versões para o nascimento de Afrodite. Na primeira versão, mencionada por Hesíodo, um poeta grego da Antiguidade, a deusa teria nascido de uma forma bem incomum.

Nessa história, Cronos cortou os órgãos genitais de Urano e, ao atirá-los ao mar, foi formada uma espuma branca em torno dos órgãos. Com isso, houve a fecundação que originou Afrodite. Então, neste contexto, ela seria filha de Urano.

Já na segunda história, Afrodite seria um fruto de Zeus, o pai dos deuses, e Dione, deusa das ninfas. Nesta versão, os irmãos da deusa do amor seriam: Ares, Atena, Ártemis, Dioniso, Hebe, Hermes, Héracles, Helena, Hefesto, Perseu, Minos, Musa, Cárites e Melíade.

Afrodite foi casada com Herfesto, mas por considerá-lo feio, não teve filhos com ele. Por isso, teve vários amantes. Com Ares, o deus da guerra, teve os seguintes filhos:

  • Eros, deus do amor;
  • Anteros, deus do amor não-correspondido;
  • Deimos, deus do terror;
  • Fobos, deus do medo;
  • Harmonia, deusa da harmonia;
  • Himeros, deus do desejo sexual;
  • Pothos, deus da paixão.

A deusa também se relacionou com Hermes, deus mensageiro. Com ele, teve o filho Hemafrodito, que nasceu com ambos os órgãos sexuais. Seu nome significa a união dos deuses Hermes e Afrodite.

Em um caso com Apolo, deus da luz, nasceu Himeneu, o deus do casamento. Além disso, em um relacionamento com Dionísio, deus do prazer, das festas e do vinho, teve o filho Príapo, o deus da fertilidade.

Ao se apaixonar pelo mortal Adônis, Ares, um de seus amantes, enviou um grande javali para matar o rival. Ao ser atacado, se o mortal se transformou em uma anêmona e, no submundo, Perséfone, esposa de Hades, se apaixona por ele.

Curiosidades sobre Afrodite

Confira algumas curiosidades sobre Afrodite:

  1. Na mitologia Romana, Afrodite é conhecida como Vênus;
  2. O principal local de adoração da deusa era a cidade Corinto;
  3. Durante a Guerra de Troia, Afrodite lutou ao lado de Paris e resgatou o filho do rei de Troia, Menelau;
  4. Sexta-feira, vendredi, em francês, é consagrado à Afrodite;
  5. Afrodite tinha uma deusa que continha todos os seus encantamentos.

Veja também: Grécia

você pode gostar também