Canibalismo animal: como acontece?

Saiba como essa relação ecológica é realizada e entenda quais são as diferentes formas de canibalismo

0

O termo canibalismo pode causar estranheza,  de início. No entanto, esse tipo de  relacionamento entre os animais é mais comum do que se imagina.

Canibalismo é quando um animal se alimenta de outro que pertence a mesma espécie que ele.Sendo assim,  essa forma de relação ecológica tem duas definições. A intraespecífica e a desarmônica.

A primeira delas é a interação entre seres da uma mesma espécie. E a segunda, é devido ao fato de um indivíduo sempre sair prejudicado.

Entretanto, apesar dessa prática  soar estranha,   ela é muito frequente  no reino animal e  pode acontecer de maneiras diferentes, de acordo com cada espécie.

Por isso, para deixar melhor explicado, veja alguns exemplos de animais que realizam o canibalismo:

Louva-a-deus:

Esse animal realiza o canibalismo sexual. No momento da reprodução, a fêmea come o macho. O objetivo dela  é  conseguir os nutrientes para se reproduzir.

Dessa forma, esse tipo de canibalismo pode ser feito antes, durante ou depois da relação sexual. Tudo depende da espécie que o pratica.

Tubarão:

Tem por prática o canibalismo intrauterino. Ou seja, eles se comem antes mesmo de nascer. Desse modo, ainda no útero da mãe, o embrião mais desenvolvido se alimenta dos outros.

O tubarão-mangona é quem faz essa particularidade. Entretanto, um risco dessa relação ecológica é que esses animais entrem em extinção, já que não conseguem aumentar a própria espécie.

Leões:

O canibalismo entre os leões, mais do que uma alimentação, serve para demarcação de território.  Normalmente, esses animais se alimentam dos filhos do líder anterior. O intuito é fazer com que o atual líder possa reinar apenas para os seus próprios filhotes.

Como foi possível exemplificar, cada animal realiza uma forma diferente de canibalismo. Apesar de não ser bem visto, ele é necessário entre muitas espécies, até mesmo por uma questão de sobrevivência.

você pode gostar também