Definição de seres vivos: veja as características que os definem

Aprenda quais critérios são usados para definir os organismos que são considerados seres vivos

0

Geralmente quando vem à mente o termo ser vivo, intuitivamente animais são os primeiros da lista. No entanto, esse grupo envolve mais que isso.

Plantas, fungos, protozoários, bactérias e algas também são seres vivos. Isso se dá pelo fato de todos possuírem características que os colocam na mesma comunidade. E quais são elas?

Reprodução,  metabolismo, evolução, célula, resposta a estímulo,  e material genético. Esses são os aspectos necessários para definir o que é ou não um ser vivo. Por isso, para que fique melhor explicado, vamos ver as características de cada item citado.

Reprodução

Para se enquadrar na lista de seres vivos, é necessário ser capaz de reproduzir. Anteriormente, pensava-se que micro-organismos surgia por abiogênese, e não por produção.

Contudo, com a evolução da ciência, foi possível provar que esses organismos produzem.Um exemplo, é a bactéria, que fazem uma espécie de reprodução assexuada.

Metabolismo

Basicamente, para sobreviver, os seres vivos tem que apresentar reações químicas dentro do metabolismo. A quais, têm por função garantir energia para a realização de atividades.

Evolução

O processo de evolução é aquele que modifica os seres vivos com o passar do tempo. Portanto, os organismos que se adaptam por mais tempo em determinado ambiente, tem maiores chances de sobrevivência.

É a chamada seleção natural. Por isso, quanto melhor for a adaptação do ser ao lugar, maior serão as chances de suas características positivas serem repassadas aos descendentes.

Célula

Os seres vivos podem ser formados por muitas células, os multicelulares, ou ter apenas uma e ser unicelular. Elas são responsáveis por garantir a unidade estrutural e funcional do organismo.

Resposta a estímulo

É  necessário que os seres vivos respondam as estímulos, que o façam interagir com o meio. Um exemplo de estímulo é a dor.

Material genético

Os seres vivos tem DNA e/ou RNA, que são responsáveis por controlar o metabolismo.  Além de garantir a hereditariedade.

você pode gostar também