Governo José Linhares

José Linhares exerceu a função de presidente do Brasil por apenas três meses.

0

José Linhares foi presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) em 1945. Por ocupar este cargo, ele teve que assumir a presidência do Brasil após a queda de Getúlio Vargas.

Com isso, o governo de José Linhares durou um curto período, apenas 3 meses, de 29 de outubro de 1945 a 31 de janeiro de 1946, até que um novo presidente fosse eleito democraticamente.

Biografia de José Linhares

José Linhares nasceu no Ceará em 1886. Graduou-se, em 1908, em Ciências Jurídicas na Faculdade de Direito de São Paulo.

Após a criação da Justiça Eleitoral, em 1932, ele passou a exercer o cargo de desembargador do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Em 1937 é nomeado por Getúlio Vargas para ministro do STF após o fechamento do TSE. Foi o vice-presidente e o presidente do Tribunal.

José Linhares foi ministro do STF até a queda do Estado Novo.

Características Governo José Linhares

José Linhares teve que ocupar a cadeira presidencial após o fim da ditadura do Estado Novo, pois, durante esse período, o país era governado unicamente por Getúlio Vargas, que não possuía um vice-presidente.

O presidente do Senado poderia assumir a função se Vargas não tivesse fechado o Congresso. Com isso, na ausência do vice-presidente, do presidente da Câmara dos Deputados e do presidente do Senado, cabe ao presidente do STF assumir o posto presidencial.

José Linhares governou o Brasil por apenas 3 meses, período marcado pela transição do regime ditatorial varguista para o sistema democrático.

Sua principal missão, além de governar o país até as próximas eleições, era garantir que as mesmas ocorressem.

Fim do Governo José Linhares

O fim do governo de José Linhares se deu com a ocorrência das eleições presidenciais vencidas pelo general Eurico Gaspar Dutra.

Assim, José Linhares deixou de ser o presidente do Brasil no dia 31 de janeiro de 1946, passando a faixa presidencial para o candidato mais votado, Dutra.

Saiba mais em:

você pode gostar também
Deixe um comentário