Quantos países existem no mundo?

A resposta para a pergunta é: depende. Podem existir 193 ou 211 países no mundo, depende da organização internacional. Confira como são contados os países.

0

Quando se fala na divisão do território terrestre, quase todo mundo sabe que o planeta é dividido em cinco continentes: África, América, Ásia, Europa e Oceania. No entanto, quando se fala da quantidade de países existentes, fica um pouco mais complicado de definir. Afinal, essa é uma questão que depende da política regional.

Antes da Primeira Guerra Mundial, eram apenas 57 países. Após a guerra e com as mudanças do Tratado de Versalhes, esse número aumentou. Com a Segunda Guerra Mundial e o fim do colonialismo na África e na Ásia, essa quantidade cresceu ainda mais. Por fim, a extinção da União Soviética criou mais novos países.

Com todas essas mudanças ao longo do século XX e as mudanças que ainda acontecem, fica difícil estabelecer um número definitivo de países. Nem mesmo as principais instituições internacionais concordam em um só número. Portanto, confira as diferentes contagens de países na atualidade.

ONU

A contagem da Organização das Nações Unidas (ONU) é a mais aceita e a que é vista nos mapas, já que é o principal órgão intergovernamental. Para a ONU, um território é considerado país pela ONU quando:

  • Exerce a soberania nacional;
  • Possui moeda própria e autonomia econômica;
  • Tem limites geográficos bem definidos;
  • Possui habitantes residentes.

Assim, segundo a ONU, existem 193 países. No entanto, essa lista não conta com o Vaticano e a Palestina, que são Estados observadores da organização. Sendo assim, o total é de 195 países.

A ONU também não conta com possessões e territórios, como a Groenlândia (território da Dinamarca) e Aruba (território da Holanda). Além disso, a lista não inclui países que só tiveram a independência parcialmente reconhecida pelos países-membros, como Taiwan e o Kosovo.

Instituições esportivas

Outras organizações internacionais de grande notoriedade são as instituições esportivas, como a Federação Internacional de Futebol (FIFA) e o Comitê Olímpico Internacional (COI).

Atualmente, o COI conta com 206 nações, sendo 193 países-membros e 1 Estado observador da ONU, 2 países com reconhecimento parcial e 10 territórios dependentes.

Já na FIFA, são 211 nações. A diferença acontece porque a FIFA admiti alguns territórios dependentes a mais que a COI e permitiu a entrada da Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte como seleções separadas, ao invés de uma única seleção do Reino Unido.

Além desses países, nenhuma das instituições conta com o Vaticano, já que o país não possui delegação olímpica e seleção. Para os territórios dependentes, a participação nessas instituições é muito importante, pois aumenta o reconhecimento internacional e fortalece o argumento de que o país é independente.

Esse número pode aumentar?

Assim como o número de países aumentou ao longo do século XX, é sempre possível que a quantidade aumente ainda mais. Muitas fronteiras de várias regiões do mundo ainda são definidas por relações coloniais e antigos acordos.

O Sudão do Sul, por exemplo, foi o último país a entrar na ONU, em 2011, quando conquistou sua independência do Sudão após uma longa guerra civil. Além disso, acordos, como o Brexit, podem gerar novas divisões territoriais.

Veja tambémO que é Continente

você pode gostar também
Deixe um comentário