Quem foi Karl Marx?

Karl Marx foi o filósofo responsável pela criação do socialismo científico. Para ele, o triunfo seria uma sociedade sem classes.

0

Karl Marx foi um dos fundadores do socialismo científico. As obras do filósofo revolucionário influenciaram fortemente a História, Pedagogia, Economia e Sociologia.

Em 1842, Karl começou a trabalhar na Gazeta Renana, onde conheceu  Friedrich Engels. Os dois, em parceria, escreveram e editaram inúmeros livros. Anos depois, o local fechou e o filósofo se mudou para Paris.

Nos anos seguintes, Marx liderou publicações que criticavam o governo e por isso, foi expulso da França e da Bélgica. Da mesma forma, ele prosseguiu em suas críticas ao capitalismo, imaginando que o triunfo seria uma sociedade sem classes.

Ideias de Karl Marx

Marx criou o Socialismo Científico ao elaborar uma teoria sobre as desigualdades sociais e tentar propor uma forma de superá-las. Para ele, a meta era o comunismo, que representaria a igualdade.

Em parceria com Friedrich Engels, ele criou o Manifesto Comunista, na véspera da Revolução de 1848, na França. Na obra, ele critica o capitalismo, e no fim, contém um apelo para a união dos operários.

No ano de 1867, ele publicou O Capital, que criticava a maneira de pensar a sociologia, economia e outras ciências sociais e humanas.

O Marxismo 

Com a Revolução Industrial, vários críticos que propunham reformulações sociais surgiram. Eles sugeriam um mundo mais justo e por isso, foram chamados de teóricos socialistas.

Essas teorias também influenciaram a Revolução Russa de 1917, além de outros teóricos e políticos. Como exemplo, pode-se citar:

  • Mao Tsé-Tung;
  • Che Guevara;
  • Stálin;
  • Lênin.

Cada uma dessas pessoas buscava adequar o marxismo à sua realidade específica. Dessa forma, vários governos foram denominados socialistas, como Cuba e Coréia do Norte.

Frases de Karl Marx

Veja algumas frases do filósofo Karl Marx:

A desvalorização do mundo humano aumenta em proporção direta com a valorização do mundo das coisas.

O caminho do inferno está pavimentado de boas intenções.

Se a aparência e a essência das coisas coincidissem, a ciência seria desnecessária.

O povo que subjuga outro forja suas próprias cadeias.

Veja também:

você pode gostar também
Deixe um comentário