Exercícios sobre a Balaiada

Confira os exercícios sobre a Balaiada que selecionamos para você!

0

Sabemos que a Balaiada foi uma revolta popular que ocorreu entre os anos de 1838 e 1841 na província do Maranhão. Foi uma das rebeliões regenciais que ocorreram no país no período regencial.

Sendo assim, responda os exercícios sobre a Balaiada que selecionamos para você!

Exercícios sobre a Balaiada


1- Por que o levante popular recebeu o nome de Balaiada?

a) Porque o termo se origina dos balaios, nome dado às casas dos populares.
b) Porque o termo se origina dos balaios, nome dado às cestas que eram fabricadas na região.
c) Porque o termo se origina dos balaios, nome dado às varas que eram fabricadas na região.
d) Porque o termo se origina dos balaios, nome dado aos barcos que eram fabricados na região.

2- A Balaiada teve início a partir das divergências políticas entre:

a) a Coroa e a elite urbana.
b) a Coroa e a elite conservadora rural.
c) os escravos e a Coroa.
d) as elites conservadoras e liberais.

3- Como os liberais e os cabanos eram chamados?

a) bem-te-vis e balaios
b) balaios e cabanos
c) bem-te-vis e cabanos
d) bem-te-vis e saquaremas

4- Qual foi a principal causa da Balaiada?

a) O conflito iniciou-se quando os liberais reagiram às medidas adotadas pelo então presidente da província, Vicente Camargo (cabano) que autorizou a lei que criava cargos de prefeitos, subprefeitos e comissários de polícia indicados por ele. Desse modo, os cabanos monopolizaram os cargos e passaram a perseguir os bem-te-vis.
b) O conflito iniciou-se quando os liberais reagiram às medidas adotadas pelo então presidente da província, Vicente Camargo (bem-te-vi) que autorizou a lei que criava cargos de prefeitos, subprefeitos e comissários de polícia indicados por ele. Desse modo, os bem-te-vis monopolizaram os cargos e passaram a perseguir os cabanos.
c) O conflito iniciou-se quando os liberais reagiram às medidas adotadas pelo então presidente da província, Vicente Camargo (cabano) que autorizou a lei que criava cargos de juízes e ministros que deveriam ser indicados por ele. Desse modo, os cabanos monopolizaram os cargos e passaram a perseguir os bem-te-vis.
d) O conflito iniciou-se quando os liberais reagiram às medidas adotadas pelo então presidente da província, Leandro Camargo (cabano) que autorizou a lei que criava cargos de prefeitos, subprefeitos e comissários de polícia indicados por ele. Desse modo, os cabanos monopolizaram os cargos e passaram a perseguir os bem-te-vis.

5- Em qual momento a Balaiada enfrentou sua crise mais profunda?

a) Quando outras classes começaram a se identificar com os discursos proferidos pelos liberais e, por isso, entraram em cena ao lado dos cabanos.
b) Quando outras classes começaram a se identificar com os discursos proferidos pelos liberais e, por isso, entraram em cena ao lado dos bem-te-vis.
c) Quando outras classes começaram a se identificar com os discursos proferidos pelos conservadores e, por isso, entraram em cena ao lado dos bem-te-vis.
d) Quando os liberais foram expulsos dos cargos de decisão e se rebelaram contra o presidente da província.

6- Qual foi o estopim do conflito?

a) O estopim do conflito ocorreu quando os pequenos criadores e agricultores foram recrutados para servir na Primeira Guerra Mundial.
b) O estopim do conflito ocorreu quando os pequenos comerciantes foram recrutados para servir nas tropas oficiais.
c) O estopim do conflito ocorreu quando os pequenos comerciantes foram recrutados para servir na Primeira Guerra Mundial.
d) O estopim do conflito ocorreu quando os pequenos criadores e agricultores foram recrutados para servir nas tropas oficiais.

7- Um dos pontos importantes da Balaiada foi:

a) uma insurreição de pequenos agricultores liderada por Cosme Bento, um pequeno fazendeiro que influenciou todo o conflito.
b) uma insurreição entre a elite liberal e conservadora que disputavam o poder com a Coroa.
c) uma insurreição de escravos liderada por Cosme Bento das Chagas (Preto Cosme), um liberto que reuniu quase 3 mil negros, entre libertos e escravizados.
d) um conflito entre os pequenos agricultores e os escravos que se rebelaram contra o sistema escravista.

8-(FCC) A Balaiada foi uma revolta que ocorreu na província do Maranhão, no período regencial (1831-1840). Ela estava inserida no contexto histórico de grande efervescência política nas províncias do Brasil. Identifique as afirmações que estejam associadas corretamente ao contexto socioeconômico e político na qual emergiu essa revolta.

  1. Como outras revoltas do período, a Balaiada limitou-se a uma disputa política entre membros das elites locais, de um lado os conservadores e do outro os liberais.
  2. As divergências políticas entre líderes e à falta de unidade entre os rebeldes acarretaram o declínio do movimento, facilitando sua derrota pelas tropas do governo.

III. Os líderes populares da revolta eram liberais e tinham como objetivos principais a proclamação de uma República democrática e a distribuição igualitária da terra.

  1. A revolta aglutinou imensa massa de excluídos, que acabou atemorizando os grandes proprietários e mobilizando as autoridades regenciais contra os insurrectos.

Está correto o que se afirma APENAS em

a)I e II.
b)I e III.
c)II e III.
d)II e IV.
e)III e IV.

9-(FGV) Durante o período regencial (1831-1840) ocorreram revoltas nas províncias do norte – Maranhão e Pará – e nas do sul – Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

As alternativas a seguir relacionam as causas da Balaiada, revolta que eclodiu no Maranhão em 1838, à exceção de uma. Assinale-a.

a)A disputa política entre grupos da elite provincial, opondo bem-te-vis (liberais) e cabanos (conservadores).
b)A luta por melhores condições de vida dos sertanejos, liderada pelo artesão Manoel Balaio.
c)A insurreição dos escravos, conduzida pelo temido quilombola Negro Cosme.
d)O apoio dos liberais à radicalização popular da revolta, defendendo a abolição da escravidão.
e)O descontentamento dos exportadores de algodão com as limitações impostas pela Corte à venda direta do algodão para a Europa.

10- As consequências da Balaiada foram:

a) Milhares de morte; Prisões; Reescravização dos negros; Enforcamento de Preto Cosme.
b) Milhares de morte; Prisões; Reescravização dos negros; Enforcamento de André Cosme.
c) Milhares de morte; Prisões; Abolição dos negros; Enforcamento de Preto Cosme.
d) Milhares de morte; Redistribuição de renda; Reescravização dos negros; Enforcamento de Preto Cosme.

Gabarito

 

1-B

2-D

3-C

4-A

5-B

6-D

7-C

8-D

9-D

10-A

 

Clique aqui para baixar em PDF!

Veja mais em: Exercícios sobre Conjuração Baiana

você pode gostar também