O que é PIB

O PIB é utilizado como um indicador econômico e apresenta a soma de toda a produção em determinada área, visualizando a dinâmica local.

0

PIB é a sigla para Produto Interno Bruto. Esse conceito é utilizado como um indicador econômico da Macroeconomia.

O PIB apresenta a soma de todos os bens e serviços produzidos em determinada área geográfica em um certo período, sendo um ano ou três meses. Dessa forma, representa a possibilidade de crescimento e a dinâmica econômica do local.

Além disso, com o PIB, é possível analisar quais são os setores da economia que geram melhor ou pior renda. Com isso, permite identificar as fragilidades econômicas, assim como os setores que deve-se aumentar o investimento.

Cálculo do PIB

Na hora de calcular o PIB, são levados em consideração os serviços finais e os bens. A medição pode ser feita de três formas, que chegam ao mesmo resultado. Confira:

  • Demanda: Leva em consideração o que é consumido pelas famílias e pelo governo.
  • Renda: Somado com base em salários, juros, lucros e alugueis.
  • Riqueza: Considera todas as riquezas produzidas na área.

PIB brasileiro

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publica, todos os anos, o resultado do PIB brasileiro e a sua variação em relação ao ano anterior.

O PIB do Brasil, em 2019, foi de R$ 7,3 trilhões. No primeiro trimestre deste ano, houve o crescimento de 0.9%, acumulado em quatro trimestres.

Maiores PIBs mundiais 

Confira os maiores PIBS mundiais, de acordo com o Fundo Monetário Internacional (2018) em milhões de dólares americano:

1° – Estados Unidos – 20,580,250;

2° – China – 13,368,073;

3° – Japão – 4,971,767;

4° – Alemanha – 3,951,340;

5° – Reino Unido – 2,828,833;

6° – França – 2,780,152;

7° – Índia – 2,718,732;

8° – Itália – 2,075,856;

9° – Brasil – 1,867,818;

10° – Coréia do Sul – 1,720,489.

Veja também:

você pode gostar também
Deixe um comentário