O que foi o Renascimento?

O Renascimento foi um movimento cultural e científico que ocorreu na Europa entre os séculos XIV e XVI.

0

O Renascimento foi um movimento artístico, cultural, intelectual e científico que surgiu na Itália no século XIV e vigorou até o XVI.

Responsável por inúmeras transformações ocorridas no modo de pensar do homem moderno, o Renascimento estabeleceu novas formas de realizar as ciências e as artes.

Além disso, este movimento contribuiu para a modificação das relações político-sociais e para marcar a passagem da Idade Média para a Idade Moderna.

Resumo

O Renascimento é visto como um dos eventos mais importantes da história do Ocidente. A inclusão da literatura, filosofia e ciências, destacou o aspecto laico do movimento, baseado na busca do indivíduo.

O humanismo, que coloca o ser humano como o centro do mundo,  foi valorizado pelo Renascimento e visto como oposição ao teocentrismo.

No campo das artes, ele se concentrou em resgatar o Classicismo da Antiguidade greco-romana, com a priorização da anatomia humana nas obras.

A introdução de novas técnicas, como a profundidade nas pinturas, foi uma importante característica dos renascentistas.

A valorização do homem aliada ao desenvolvimento das técnicas fez com que estudos na área da anatomia e da matemática avançassem.

As principais cidades que foram influenciadas pelo Renascimento foram, Veneza, Florença e Roma, todas localizadas na península itálica. Contudo, ele não se limitou à essa região.

Percebe-se, então, que o Renascimento não se limitou ao campo das artes. Ele atingiu diversas áreas que contribuíram para modificar o pensamento do homem europeu de então.

Além disso, a imprensa desempenhou um importante papel ao estimular a escrita, responsável por tirar das mãos da Igreja Católica o monopólio da produção de conhecimento.

Saiba mais em:

você pode gostar também