Persas – Antiguidade Oriental

Os persas foram um dos povos que formaram uma grande civilização durante a Antiguidade.

0

Quem foram os persas? Foram uma das civilizações da Antiguidade que se localizaram na Mesopotâmia, em um local que atualmente corresponde ao Irã.

Eles situaram-se entre o Golfo Pérsico e o Mar Cáspio, por volta de 550 a.C. Comandados pelo rei Ciro, o exército persa dominou uma vasta região, onde foi formado um Estado centralizado que comandou a Mesopotâmia por um longo período.

A civilização persa é considerada como uma das mais expressivas da Antiguidade por ter conseguido expandir seu território até o Egito, Síria, Babilônia, Fenícia, Palestina, Reinos da Lídia e por ter compreendido porções de terras gregas da Ásia Menor.

Quem são os persas hoje em dia?

A região onde habitavam os persas corresponde ao atual Irã, com isso, os descendentes deste povo são os iranianos.

Qual era a religião dos persas?

A religião seguida pelos persas era o zoroastrismo, criada pelo profeta Zaratustra, também chamado de Zoroastro (628–551 a.C.). O livro sagrado do zoroastrismo é a Avesta.

Para os seguidores desta religião, há a existência do bem e do mal, por isso, ela é considerada dualista.

O deus supremo é Ahura Mazda, o criador de tudo. Ele reflete o bem e a luz. Já o mal, a destruição e a trevas são representados por Arimã.

Características do povo persa

Vejamos as principais características do povo persa:

  • O Império Persa era dividido em satrapias que é o mesmo que províncias;
  • Os sátrapas eram os funcionários que governavam as satrapias;
  • Haviam os olhos e os ouvidos do rei, funcionários que vigiavam os sátrapas;
  • Os povos dominados eram obrigados a pagar altos impostos;
  • Construíram longas estradas;
  • Criaram um eficiente sistema de correios;
  • Possuíam uma moeda única;
  • O Império comercializava diversas mercadorias, como artesanatos feitos em ouro, prata e pedras preciosas;
  • Os povos dominados podiam manter sua religião e costumes;
  • Acreditavam na vida após a morte.

Saiba mais em:

você pode gostar também