Por que o bocejo é contagioso?

Venha descobrir por que bocejamos quando alguém boceja perto de nós!

0

Provavelmente você já observou que ao ver uma pessoa bocejando, imediatamente também começa a bocejar.

O bocejo de resposta é um ato acontece de  forma involuntária e muitas pessoas se sentem desafiadas por tamanha “ousadia” cerebral e tentam segurar o bocejo ao ver outra bocejando.

No entanto, precisamos te dizer que não adianta tentar segurar. Mesmo que você consiga controlar aquele instinto por um tempo, depois que relaxar, o bocejo vai vir. É inevitável!

Por isso, um questionamento que ronda as pessoas é: por que o bocejo é contagioso?

O que nos faz bocejar quando alguém boceja?

Uma das hipóteses mais aceitas pelos cientistas é a de que o bocejo é um sinal de que o indivíduo precisa despertar, ficar alerta.

Isso funciona como uma comunicação indireta entre todos que estão por perto. O ato de bocejar faz com que o corpo receba mais oxigênio e, consequentemente, aumente a frequência cardíaca.

Outro fato abordado pelos cientistas é que temos neurônios-espelho. Essas células conseguem armazenar a forma como o indivíduo se comporta em determinadas situações e isso será repassado para ações futuras.

Ao vermos alguém bocejando, essas células podem entrar em ação e desencadear um reflexo, involuntário e portanto não controlável, que irá dar início ao bocejo.

O que acontece é que o cérebro das pessoas que estão próximas a que bocejou pode entender que eles também precisam ficar em alerta.

Mas, se o bocejo é um sinal de alerta, por que bocejamos na hora de dormir?

Quando o bocejo noturno acontece isso revela que já deveríamos estar dormindo. É um sinal que nosso corpo está lutando contra o sono e tentando te manter alerta.

Portanto, da próxima vez que alguém bocejar perto de você, nem adianta tentar segurar o seu bocejo porque ele vai acontecer!

Veja também:

você pode gostar também