Afinal, o que é ter uma alimentação saudável?

Comer corretamente é uma luta constante de pessoas ao redor de todo mundo, mesmo que muitas vezes não se saiba o que é se alimentar bem

0

Diferente dos modismos costumeiramente espalhados, ter uma alimentação saudável passa longe dietas extremas e restritas. Na verdade, tudo se remete ao equilíbrio e a variedade de nutrientes que você diariamente consome. Assim, comer bem significa se alimentar de proteínas, gorduras, carboidratos, cálcio, fibra, minerais e vitaminas com moderação.

Os ingredientes que devem diariamente estar no seu prato, portanto, para compor essa alimentação saudável devem incluir verduras, frutas, legumes e cereais.

Apesar de não ser necessário cortar por completo, é preciso reduzir ou evitar o consumo de industrializados, ao considerar que estes quase sempre são produzidos por substâncias prejudiciais ao organismo. Como exemplo, é possível citar o excesso de gorduras, sódio, corantes, conservantes e açúcares.

Para uma rotina alimentar saudável, é necessário consumir refeições compostas pela combinação de macro e micronutrientes. São considerados macronutrientes as proteínas, que podem ser encontradas em peixes, ovos, carnes vermelhas, legumes e folhagens verde-escuro, soja, entre outros.

Alimentos ricos em proteínas

São também os carboidratos, como pães, massas e batatas, e as gorduras, como abacate, óleos e oleaginosas. Já os micronutrientes são as vitaminas (como bons exemplos, é possível citar a vitamina A, que fazem a manutenção da visão e do crescimento, todas as do complexo B, aliadas do cérebro e da boa memória, e vitamina C, que garante uma boa imunidade) e os minerais, que podem ser encontrados em verduras, frutas e legumes. Por fim, devem também ser consumidas as fibras, que são as partes não digeríveis dos alimentos, pois estas são consideradas essenciais para o bom funcionamento do organismo e para a digestão de outros alimentos.

Em prol de garantir uma boa alimentação a população brasileira, em 1999, a nutricionista e professora da Universidade de São Paulo (USP) Sonia Philippi adaptou a pirâmide alimentar às necessidades específicas da população.

Assim, foi recomendado que, para uma alimentação saudável, bastava que a alimentação diária fosse composta por, pelo menos, 40 a 55% de carboidratos, 15 a 30% de proteínas animais e vegetais e 25 a 30% de gorduras.

Por quê ter uma alimentação saudável?

Apesar da dificuldade na disciplina de se manter uma alimentação saudável, os benefícios que ela proporciona ao organismo são inúmeros. Assim, perpassam desde a melhora no sistema imunológico, e consequentemente previne o surgimento de algumas doenças, melhoram o humor e aguçam a memória.

Comer bem também previne o envelhecimento precoce da pele, aumenta a qualidade do sono, reduz o cansaço e fornece mais disposição para as atividades cotidianas.

Além disso, regula o trânsito intestinal e o sistema digestivo. Ter uma alimentação saudável é imprescindível para as gestantes, já que o bom desenvolvimento do feto é diretamente ligado a esse fator.

10 dicas para uma alimentação saudável

  1. Não fique com fome. Afinal, “saco vazio não para em pé”, e nem é suficientemente nutrido.
  2. Aprecie as refeições, comendo devagar e sem outras distrações.
  3. Beba água.
  4. Apesar da importância de ingerir líquidos, não o faça durante as refeições.
  5.  Para comer fora de casa, leve lanches caseiros.
  6.  Estabeleça um horário fixo para comer.
  7.  Prefira alimentos integrais.
  8.  Invista nas frutas, legumes e vegetais (especialmente os verdes) da estação.
  9.  Coma as gorduras do bem, que são encontradas em óleos vegetais, peixes e abacate.
  10.  Consuma cafeína com moderação.
você pode gostar também