Quem foi Mona Lisa?

A misteriosa inspiração de Leonardo da Vinci gera várias discussões. Atualmente existem muitas teorias de quem deve ser a mulher retratada na obra.

0

Mona Lisa, ou La Gioconda, é uma importante obra de arte feita pelo italiano Leonardo da Vinci. No quadro, é retratada uma mulher com a expressão introspectiva.

Atualmente o quadro se encontra no Museu do Louvre, em Paris. Essa é a obra de arte mais famosa e conhecida da história. Na década de 1960, era avaliado em 100 milhões de dólares americanos.

No meio artístico existe uma grande discussão sobre quem é a mulher representada no quadro. Alguns acreditam que seja a Duquesa de Milão, Isabel de Aragão. Da Vinci trabalhou para ela por alguns anos.

A cientista dos Laboratórios Bell, Lillian Schwartz, acredita que Mona Lisa é um autorretrato de Leonardo da Vinci.

A obra de Leonardo da Vinci

Leonardo da Vinci levou a obra da Itália para a França em 1506. Na época ele começou a trabalhar para o rei Francisco I. O monarca comprou a pintura, que ficou exibida em Fontainebleau e depois, no Palácio de Versailles.

Depois da Revolução Francesa, o quadro foi exposto no Museu do Louvre, onde se encontra atualmente.

O imperador Napoleão Bonaparte também se encantou pela obra e mandou colocá-la em seus aposentos. Durante as guerras com a Prússia, o quadro, assim como outras obras de coleção, foram escondidas em um museu seguro.

400 anos após a obra ser pintada por Leonardo da Vinci, ela foi roubada. Muitas pessoas foram presas e interrogadas, incluindo Pablo Picasso, que fora solto mais tarde.

A obra reapareceu na Itália, com o verdadeiro ladrão, Vincenzo Peruggia. O homem era um antigo empregado do museu onde a obra estava exposta.

No ano de 1956, jogaram ácido sobre o quadro e a parte inferior da pintura foi danificada. Além disso, no mesmo ano, um boliviano jogou uma pedra contra a obra. Não foi fácil fazer uma restauração.

Atualmente, o quadro de Leonardo da Vinci se encontra no Museu do Louvre, em Paris, sendo uma das maiores atrações do local.

Influências

O quadro ficou conhecido como um dos mais famosos do mundo. Por isso, foram feitas diversas reproduções da pintura, como:

  • Filme La Gioconda, em 1953, do grande diretor italiano Roberto Rossellini.
  • Papel de destaque no best seller O Código da Vinci, de Dan Brown (2003).
  • Filme O Sorriso de Monalisa (2003), que explora ideais feministas.
  • Auto-retrato como Monalisa, pintado em 1954 pelo pintor espanhol Salvador Dalí.

Veja também:

você pode gostar também