Quem foi Monteiro Lobato?

Monteiro Lobado foi um dos mais conhecidos escritores brasileiros. Uma de suas principais obras é O Sítio do Picapau Amarelo.

0

Monteiro Lobato (1882-1948) foi um escritor brasileiro pré-modernista. A obra mais conhecida do autor é O Sítio do Picapau Amarelo, que contou com 23 volumes.

Ele nasceu em São Paulo, no dia 18 de abril de 1882. Monteiro se formou em Direito pela Faculdade de São Paulo, no ano de 1904. No mesmo ano, em Taubaté, conheceu Maria Pureza Natividade, com quem se casou após ser nomeado promotor público de Areias.

O autor permaneceu na cidade até 1911, quando seu avô morreu, lhe deixando como herança uma fazenda em Taubaté. Até que em 1917, ele vendeu a fazendo e se mudou para Caçapava, onde passou a se dedicar à literatura.

Monteiro Lobato faleceu no dia 5 de julho de 1948, em São Paulo, por conta de problemas cardíacos.

Literatura infantil 

Monteiro Lobato comprou a Revista Brasil e se tornou editor. No ano de 1918, ele publicou seu primeiro livro, Urupês, que esgotaram as tiragens.

Em sociedade com Octalles Marcondes Ferreira, o autor fundou a “Companhia Gráfico-Editora Monteiro Lobato”, que foi à falência . Depois disso, tudo foi vendido e assim, foi fundada a “Companhia Gráfico-Editora Monteiro Lobato”.

Com isso, Monteiro Lobato se mudou para o Rio de Janeiro e começou a publicar livros infantis. Em 1921, ele publicou a obra Narizinho Arrebitado, literatura voltada para as escolas. Anos mais tarde, em 1927, publicou O Sítio do Picapau Amarelo.

Em 1933 o autor publicou a obra Caçadas de Pedrinho, que relata a caçada de uma onça que estava rondando o sítio.

Obras de Monteiro Lobato 

Confira agora algumas das principais obras de Monteiro Lobato:

  • Ideias de Jeca Tatu, conto (1918)
  • Urupês, conto (1918)
  • O Saci, literatura infantil (1921)
  • Fábulas de Narizinho, literatura infantil (1921)
  • Narizinho Arrebitado, literatura infantil (1921)
  • Reinações de Narizinho, literatura infantil (1931)
  • Viagem ao Céu, literatura infantil (1931)
  • Caçadas de Pedrinho (1933)
  • Emília no País da Gramática, literatura infantil (1934
  • Memórias da Emília, literatura infantil (1936)
  • Histórias de Tia Nastácia, literatura infantil (1937)

Veja também:

você pode gostar também