Sustentabilidade

A sustentabilidade é a capacidade de sustentar o presente sem comprometer a vida das gerações futuras e abrange questões ambientais, econômicas e sociais.

0
O termo sustentável tem origem na palavra em latim sustentare, que significa sustentar, defender, conservar. Sendo assim, a sustentabilidade é a capacidade de um sistema ou processo se sustentar ao longo do tempo.

Nos últimos anos, muitas pessoas perceberam que o jeito em que a sociedade vive não vai se sustentar por muito mais tempo, então o debate sobre sustentabilidade surgiu.

Em 1987, o conceito de sustentabilidade foi atualizado pela então primeira-ministra da Noruega, Gro Harlem Brundtland, que usou pela primeira vez o termo “desenvolvimento sustentável”. Para ela, “desenvolvimento sustentável significa suprir as necessidades do presente sem afetar a habilidade das gerações futuras de suprirem as próprias necessidades”.

Assim, sustentabilidade também se tornou a capacidade do ser humano interagir com o mundo para não comprometer os recursos naturais das gerações futuras. Além disso, o conceito passou a integrar questões ambientais, econômicas, sociais e culturais. Então, para alguma ação humana ser considerada sustentável, ela precisa ser:

  • Ecologicamente correta;
  • Economicamente viável:
  • Socialmente justa;
  • Culturalmente diversa.

Tipos de sustentabilidade

Sustentabilidade ambiental

Esse tipo de sustentabilidade engloba os recursos naturais do planeta e a maneira como são utilizados. Ou seja, os padrões de consumo e produção energética do ser humano e como isso pressiona e esgota o meio ambiente.

A sustentabilidade ambiental busca a redução do uso dos recursos naturais e também a mudança das formas de descarte de resíduos. A  ação humana pode gerar mudanças na qualidade do ar, do solo, da água e dos seres vivos. Para evitar isso, as ações sustentáveis devem ser ecologicamente corretas.

Sustentabilidade econômica

A sustentabilidade econômica está relacionada a forma como recursos e bens estão distribuídos. Dessa forma, o objetivo deve ser o desenvolvimento econômico que gere lucro e crescimento de modo que preserve o meio ambiente.

Assim, a forma sustentável de medir o lucro não é apenas através de resultados financeiros, mas também pela poluição que foi evitada, o que não foi desperdiçado e a satisfação dos funcionários com o trabalho, entre outras maneiras.

Sustentabilidade social

Dentro de uma sociedade, a sustentabilidade também pode abranger a vida das pessoas em aspectos como lazer e educação. Também pode envolver justiça social, ética, trabalho e renda, entre muitos outros aspectos. Garantir que todos tenham acesso igualmente a essas condições de vida é o objetivo da sustentabilidade social.

Bem estar é uma coisa que todos deveriam ter, mas a desigualdade social faz com que muitos trabalhem em situações precárias, não ganhem dinheiro o suficiente e passem fome. Suprir as necessidades apenas de alguns no presente leva esses problemas para as gerações futuras. Por isso, esse tipo de sustentabilidade busca o que é socialmente justo para todos.

Exemplos de ações sustentáveis

A sustentabilidade não é algo para ser feito só pelo governo ou empresas, mas por todo mundo. É necessário uma pessoa começar e influencias as outras ao seu redor a serem mais sustentáveis. Alguns hábitos sustentáveis que podem ser inseridos na rotina são:

Exemplos ambientais

  • Economizar a água;
  • Evitar o uso de plásticos de uso único (canudos, copos, sacolas, etc);
  • Preferir produtos com embalagens biodegradáveis;
  • Reduzir o consumo de carne;
  • Separar o lixo para reciclagem;
  • Reutilizar objetos e roupas;
  • Se possível, doar algo ao invés de jogar fora;
  • Ir andando ou de bicicleta, caso o trajeto seja pequeno, ou usar o transporte coletivo ou carona;
  • Priorizar empresas locais.

Exemplos econômicos

No geral, as ações de sustentabilidade econômica não se resume só a empresas, podendo se estender para a sua casa ou escola também. Confira:

  • Trocar as lâmpadas por fluorescentes;
  • Utilizar os dois lados de papel;
  • Encaminhar resíduos para a reciclagem;
  • Usar embalagens biodegradáveis ou recicláveis;
  • Incentivar o uso consciente de energia.

Exemplos sociais

  • Fazer doações para instituições que ajudam pessoas mais favorecidas;
  • Preferir produtos da agricultura familiar;
  • Não comprar de marcas condenadas por trabalho análogo à escravidão;
  • Não aceitar que algum tipo de preconceito seja feito com alguém.

Veja também: 

você pode gostar também