Aracnídeos

Os aracnídeos pertencem ao filo Arthropoda.

0
Os aracnídeos pertencem ao filo Arthropoda, que possui 80% dos animais do nosso planeta.

Os animais desse filo conquistaram com eficiência todos os habitats possíveis, por isso você pode vê-la tanto dentro do seu quarto, quanto no jardim, na praia ou na montanha.

Vamos conhecer melhor a dona aranha?

Aracnídeos

Os aracnídeos são representados pelas aranhas que têm como características principais:

  • corpo segmentado em cefalotórax e abdômen
  • quatro pares de patas no cefalotórax, chamados de apêndices articulares
  • exoesqueleto de quitina
  • olhos simples e pelos táteis no corpo
  • não apresenta asas nem antenas
  • tem um par de pedipalpos
  • um par de quelíceras inoculadoras de veneno
Estruturas externas do corpo da aranha
Estruturas externas do corpo da aranha

O que é exoesqueleto de quitina?

Essa é uma característica adaptativa que protege o corpo do animal, composto de quitina formando placas que possibilitam a mobilidade do animal.

Durante a fase jovem, as aranhas crescem em ciclos, onde elas descartam o exoesqueleto antigo e constroem um novo maior que o anterior, esse processo é chamado de muda.

Exoesqueleto de quitina
Exoesqueleto de quitina

Reprodução das aranhas

As aranhas são animais dióicos, isto é, possui indivíduos com sexos separados. Apesar da fecundação ser interna, as aranhas não fazem cópula. 

Para que ocorra o acasalamento é importante que a fêmea não veja o macho com possibilidade de alimentação e, para isso, são necessários estímulos químicos e táteis.

O macho insere o esperma na fêmea através do pedipalpo que tem um reservatório, após a fecundação a fêmea pode botar até 3 mil ovos, que ficam protegidos num disco de seda chamado de ooteca.

Ovos de aranha
Ovos de aranha

Como são feitas as teias das aranhas?

As aranhas possuem cerca de seis fiandeiras nas laterais do seu corpo. Essas estruturas são responsáveis pela confecção das teias numa ação semelhante a agulhas de tricô.

Elas estão ligadas as glândulas sericígenas, localizadas no interior do abdômen que secretam substâncias proteicas que funcionam como base para a produção de teia.

As teias podem ser um recurso de escalada e mobilidade, ou de proteção dos ovos ou até mesmo para capturar insetos.

Aranhas do Brasil

  • Tarântula: temos duas espécies que são as maiores do mundo. A caranguejeira-rosa-salmão-brasileira (Lasiodora Parahybana) encontrada no Nordeste possui 25 cm e a Aranha-golias-comedora-de-pássaros (Theraphosa blondi) encontrada na região Amazônica e tem aproximadamente 30 cm.
  • Aranha-marrom: encontrada em todas as regiões quentes do Brasil, maior causadora de acidentes no país.
  • Armadeira: aranha mais venenosa do mundo com veneno comparado ao das cobras.
  • Caranguejeira: aranhas grandes que possuem pelos compridos no abdômen e pernas. Algumas podem ser agressivas.
  • Aranha-de-jardim: encontrada em grama, possui cerca de 5 cm, o veneno causa queimaduras e reações alérgicas.
  • Viúva-negra: vive mais nas partes litorâneas do país, sua picada causa dor ardente.

Veja também:

você pode gostar também