Conheça o físico Albert Einstein

Graduado com 21 anos em Matemática e Física, o cientista revolucionou o desenvolvimento da ciência com seus estudos da teoria da relatividade e os efeitos fotoelétricos

0

Um dos maiores gênios já existentes, Albert Einstein (1879-1955) foi um físico e matemático que nasceu em Ulm, na Alemanha, filho de um pequeno trabalhador industrial judeu. Logo depois que nasceu, sua família e ele saíram de Ulm e se mudaram para Munique.

Antes de ingressar no mundo da ciência, Einstein estudou violino, mas rapidamente se tornou destaque nas áreas de exatas. Casou-se com a física e matemática Mileva Maric em 1903, a qual muitos discutem se não era ela quem merecia os créditos pelos trabalhos apresentados por Albert.

Em 1932 para 1933, entretanto, Einstein decidiu abandonar permanentemente a Alemanha, se mudando para os Estados Unidos, onde sete anos depois conquistou a cidadania norte-americana. Faleceu em Nova Jersey, nos Estados Unidos, após sofrer com uma aneurisma e uma hemorragia, em 1955.

Formação acadêmica

Durante o ensino fundamental, frequentou uma escola no Luitpold Gymnasium, em Munique. Realizou o ensino secundário em Ulm e em seguida ingressou em uma graduação de Matemática e Física no Instituto Politécnico de Zurique, na Suíça, formando-se com 21 anos.

Em suas notas autobiográficas, Einstein diz não considerar ter sido um dos melhores alunos (algumas ocasiões, sua ex-esposa Mileva Maric, que estudava na mesma instituição, obtinha notas mais altas), de modo que faltava muitas aulas para estudar conteúdos que considerava muito além do que sua graduação poderia fornecer-lhe.

Após concluir a graduação, passou cerca de 10 anos desempregado. Isso aconteceu, pois almejava o cargo de professor-assistente, mas os demais membros do corpo docente da instituição almejada não o consideravam disciplinado o suficiente para desempenhar um bom trabalho lecionando. Em 1902, um amigo o indicou para um emprego no Departamento Oficial de Patentes de Berna, onde permaneceu até 1909.

Em 1901, produziu seu primeiro artigo científico e recebeu cidadania suíça, por sua contribuição à ciência do país. Com trinta anos, integrou-se ao corpo docente de Física da Universidade de Zurique (1909), e em 1910, ao da Universidade de Praga.

Já em 1912, lecionou Física na Escola Politécnica Federal da França, sendo nomeado professor da Universidade de Berlim no ano seguinte. Logo após, entrou para a Academia de Ciências da Prússia. Einstein ainda alcançou o posto de diretor do Instituto Kaiser Wilheim de Física na Universidade de Berlim, durante os anos de 1913 a 1933.

Albert Einstein

Conquistas científicas

  • Teoria da Relatividade Restrita: Após concluir seu doutorado (1905), Einstein publicou a formulação inicial de sua Teoria da Relatividade, além de outros três artigos, que propuseram uma nova visão de mundo e uma fórmula que propunha equivalência entre massa e energia (com a equação E=m).
    Com esta teoria, Einstein pôde provar que situações que acontecem de forma simultânea para um observador, pode ocorrer sem sincronia, para outro. Vao depender das condições em que cada observador se encontram.
  • Teoria da Relatividade Geral: Em 1915, declarou sua pesquisa como finalizada a Teoria da Relatividade Geral, uma visão nova e quase revolucionária sobre a relação entre o tempo, espaço, matéria, gravidade e energia. Essa teoria é baseada no chamado princípio da equivalência, que indica não ser possível diferenciar a influência do campo gravitacional de um corpo, de uma força externa ou de sua própria inércia.
  • Prêmio Nobel de Física: Especialmente depois de comprovada sua teoria da relatividade geral e de ter descoberto a lei do efeito fotoelétrico, em 1921 ganha o “Prêmio Novel de Física” (que não pode receber pessoalmente e foi representado pelo embaixador alemão na Suíça.

Curiosidades sobre Einstein

  • Durante sua infância, Einstein teve grandes problemas com o desenvolvimento de sua fala, de modo que precisava se expressar de forma lenta e pausada.
  • Diferente do que é conhecido, Einstein era ótimo em matemática.
  • Por refugiar-se nos Estados Unidos durante o regime nazista, os alemães consideraram Einstein um espião americano e ofereceram uma recompensa de cerca de 5 mil dólares para quem conseguisse capturá-lo.
  • No começo de sua carreira, seus artigos foram ignorados pela comunidade acadêmica e científica, mas isso mudou com a comprovação de sua teoria e de acordo com que um dos físicos mais renomados da época, Max Planck, dava atenção e se impressionada com seus escritos.
  • Em sua estadia nos Estados Unidos, o físico sugeriu ao presidente Frank Delano Roosevelt maior dedicação aos estudos nucleares e o possível desenvolvimento de bombas nucleares, para que se destacassem em prol da Alemanha. Em decorrência, Roosevelt iniciou o Projeto Manhattan após se encontrar e trocar ideias com Einstein, mas nunca convidou o físico para integrá-lo, já que sua associação com organizações de paz e organizações socialistas causava desconfiança no governo americano.
  • Einstein faleceu após sofrer um aneurisma abdominal seguido de uma hemorradia interna e recusado realizar a cirurgia que seria sua única forma de sobreviver. Assim, acreditando que já havia vivido o suficiente, morreu na manhã seguinte e, durante sua autópsia, o médico patologista Thomas Stoltz Harvey removeu o cérebro do cientista sem a autorização de seus familiares, preservando-o para estudos futuros.
  • Após estudos, foi descoberto que o cérebro de Einstein possui a região responsável pelo raciocínio lógico e matemático (o lobo parietal) 15% maior que a média.
  • Durante o processo de divórcio de sua primeira esposa Mileva Maric, Einstein prometeu concedê-la parte do prêmio Nobel em Física, caso realmente o ganhasse, em prol de suas grandes contribuições no estudo da Teoria da Relatividade. Entretanto, após ser premiado, Albert Einstein deu todo o prêmio à ex-esposa.
  • Após se divorcias de sua primeira esposa, a física-matemática Mileva Maric, casou-se com sua prima Elsa Löwenthal.

Frases mais conhecidas

“Se minha teoria da relatividade revelar-se correta, a Alemanha afirmará que sou alemão, enquanto a França declarará que sou cidadão do mundo. Mas se minha teoria fracassar, a França lembrará que sou alemão, e a Alemanha recordará que sou judeu.”

“Procure ser uma pessoa de valor, em vez de procurar ser uma pessoa de sucesso. O sucesso é consequência.”

“A única finalidade da educação deve consistir em preparar indivíduos que pensem e ajam como indivíduos – independentes e livres”.

“O grande problema da humanidade não está no domínio da Ciência, mas no domínio dos corações e das mentes humanas.”

“A imaginação é mais importante que o conhecimento.”

Veja também:

 

você pode gostar também