Tabuada

Entenda sobre cada tipo de tabuada e veja dicas de como estudar cada uma delas.

0

Aprender a tabuada é fundamental na vida de qualquer estudante, pois além de estimular o raciocínio lógico, saber a tabuada possibilita realizar cálculos matemáticos com mais agilidade e ajuda a desenvolver estratégias de cálculo mental.

Conheça, a seguir, um pouco sobre os tipos de tabuada e algumas dicas de como aprender cada uma delas.

Tabuada de multiplicação

Entre todas as tabuadas, a tabuada de multiplicação costuma ser a mais cobrada nas aulas de matemática. Nessa tabuada, cada número é multiplicado pelos números de 1 a 10 e os resultados obtidos são sempre múltiplos do número.

Tabuada de multiplicação

Existem várias formas de aprender a tabuada de multiplicação, e uma delas, é a partir da soma. Considere, por exemplo, a tabuada do 7. Qualquer número multiplicado por 1 é igual a ele mesmo, então 7 × 1 = 7.

A partir de ai, basta ir somando de 7 em 7, veja:

7 + 7 = 14         ⇒  7 × 2 = 14
14 + 7 = 21      ⇒  7 × 3 = 21
21 + 7 = 28      ⇒  7 × 4 = 28
28 + 7 = 35      ⇒  7 × 5 = 35

E assim por diante.

Além disso, existem algumas estratégias e truques que facilitam o aprendizado de tabuadas de números maiores, como a tabuada do 9.

Tabuada cartesiana

A tabuada cartesiana ou tabuada de Pitágoras é a tabuada de multiplicação escrita em uma tabela.

Essa tabela é formada por uma linha e uma coluna principais com os números de 1 a 10, e o símbolo de vezes, para indicar a multiplicação entre os números.

Tabuada cartesiana

O centro ou corpo da tabela é preenchido com os resultados das multiplicações. Por exemplo, na primeira linha, multiplica-se o 1 por cada um dos números de 1 a 10, obtendo a tabuada do 1.

Na segunda linha, multiplica-se o 2 por cada um dos números de 1 a 10, obtendo a tabuada do 2.

Veja que na imagem abaixo, o próximo valor é o resultado de 2 × 5, que pode ser determinado somando o valor anterior, 8,  ao número 2, já que estamos na tabuada do 2. Como 8 + 2 = 10, preenchemos com o número 10.

Tabuada cartesiana

Seguindo esse procedimento, obtemos a tabela cartesiana completa, que possui muitas características importantes.

Observe que a tabuada de cada número pode ser encontrada tanto nas linhas como nas colunas.

Tabuada cartesiana

Com a tabuada cartesiana, o resultado de cada multiplicação é determinado por coordenadas. Por exemplo, para encontrar o resultado de 4 × 6, devemos procurar o valor que está na linha do 4 e na coluna do 6.

Tabuada cartesiana

Veja, também, que na diagonal principal da tabuada cartesiana aparecem os quadrados perfeitos e que a tabela é simétrica, os números da parte debaixo da diagonal são como o reflexo da parte de cima, em um espelho.

Tabuada cartesiana

Tabuada de divisão

A tabuada de divisão é simples de ser compreendida quando já se conhece a tabuada de multiplicação, já que a multiplicação é a operação inversa à divisão.

Por exemplo, pra saber quanto é 35 : 7, devemos pensar no número que multiplicado por 7, o resultado seja 35.

Da tabuada de multiplicação do 7, sabemos que 7 × 5 = 35, então, o número procurado é o 5. Portanto, 35 : 7 = 5.

Tabuada de divisão

Tabuada de adição

A tabuada de adição de um número é obtida somando o número aos números de 1 a 10, em sequência.

Por exemplo, na tabuada do 2, somamos o 2 ao número 1, depois ao número 2, depois ao número 3, e assim por diante.

Tabuada de adição

Tabuada de subtração

A tabuada de subtração de um número é obtida calculando-se a diferença entre os números maiores que ele e ele mesmo.

Por exemplo, na tabuada do 3, começamos com o próximo número maior que 3, que é o 4, então, calculamos 4 – 3 = 1. Em seguida, vamos para o próximo número maior que 3, que é o 5, e calculamos 5 – 3 = 2. E assim por diante.

Observe que, em todas as tabuadas, os resultados são a sequência de números inteiros de 1 a 10.

Tabuada de subtração

Você também pode se interessar:

você pode gostar também