O que foi a Guerra Fria?

A Guerra Fria foi uma disputa entre os Estados Unidos (capitalismo) e a União Soviética (socialismo) pela supremacia no mundo.

0

A Guerra Fria (1947-1991) foi uma fase de tensão geopolítica que se iniciou após a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

Foi um conflito que estabeleceu a polarização do mundo em dois blocos: o das nações capitalistas, lideradas pelos Estados Unidos e o das nações socialistas, comandadas pela União Soviética.

É considerada uma guerra ideológica em que os EUA e a URSS buscavam a supremacia econômica, militar, política e tecnológica do mundo.

No entanto, o fato destas duas nações não terem se enfrentado diretamente em um conflito armado, não significa que a Guerra Fria tenha sido pacífica.

O conflito de interesses entre ambas as nações provocou diversos conflitos armados ao redor do mundo, principalmente nos países do continente africano e asiático.

Com isso, a Guerra Fria foi a responsável por milhares de mortes e destruições. Além disso, tanto os EUA quanto a URSS apoiaram várias ditaduras militares na América Latina, incluindo a que ocorreu no Brasil.

Resumo

O fim da Segunda Guerra Mundial trouxe consigo o fim da supremacia europeia no mundo.  A partir de então, dois países que antes não influenciavam o mundo, passam a ter visibilidade, poder e influência.

Os Estados Unidos e a União Soviética se transformaram em verdadeiras potências durante a Guerra Fria. Com isso, ambos os países competiam entre si pela hegemonia econômica, militar, política e tecnológica do mundo.

Em torno delas, foram criados dois blocos que dividiram o mundo em países socialistas e países capitalistas.

Tal competição alimentou uma disputa ideológica, territorial e armamentista jamais vista. O mundo ficou vulnerável frente ao poder das duas superpotências que a qualquer momento, poderiam levá-lo ao extermínio total.

O socialismo foi adotado pelas nações influenciadas pela URSS que ameaçava constantemente o avanço do sistema capitalista.

Visando conquistar o domínio mundial, guerras, tensões políticas e militares, assim como invasões e apoio a implantação de ditaduras foram financiadas por essas nações.

A concorrência entre eles viabilizou o desenvolvimento em diversas áreas. Além disso, o receio de uma Revolução Socialista fez com que diversos países permitissem o acesso dos trabalhadores à direitos.

Nesse sentido, a democracia foi ampliada para o campo social.

Saiba mais em:

você pode gostar também
Deixe um comentário