Protozoários

Vamos conhecer esses indivíduos do Reino Protista? Continue lendo!

0

O que são protozoários?

Os protozoários são um grupo de seres vivos que fazem parte do Reino Protista. Eles são eucariontes, unicelulares e heterótrofos, ou seja, eles possuem apenas uma célula com núcleo individualizado e não conseguem produzir seu próprio alimento.

Eles são organismos muito pequenos e vivem em ambientes aquáticos ou muito úmidos, podendo ser de água doce, salgada ou terra úmida.

Protozoários
Protozoários

Algumas espécies de protozoários vivem em associações mutualísticas com outros seres vivos. No entanto, alguns protozoários podem causar doenças e passam a se chamar parasitas.

Como os protozoários não produzem seu próprio alimento, eles se alimentam de matéria orgânica, bactérias e, até mesmo, outros protozoários.

A reprodução desses organismos pode ser tanto assexuada quanto sexuada. A reprodução assexuada ocorre através de divisão binária, o protozoário se divide ao meio dando origem a um novo ser vivo.

A reprodução sexuada acontece por conjugação onde ocorre a união de dois protozoários que formam um zigoto, esse zigoto se divide e dá origem a novos protozoários.

Protozoários - Reprodução sexuada por conjugação
Protozoários – Reprodução sexuada por conjugação

Qual é a característica comum a todos os protozoários?

Os protozoários são seres com uma única célula, mas que exercem todas as funções que organismos multicelulares são capazes de desempenhar como a respiração, excreção e reprodução.

Esses organismos possuem uma característica exclusiva que são os vacúolos contráteis ou pulsáteis que regulam a entrada e saída de água da célula.

O controle osmótico é realizado através da diferença de concentração entre o citoplasma e o ambiente externo.

Como há um fluxo constante, esse vacúolo controla a quantidade de água, retirando e eliminando da célula os excessos.

Protozoários - Vacúolo contrátil ou pulsátil
Protozoários – Vacúolo contrátil ou pulsátil

Classificação dos protozoários

A classificação dos protozoários é feita através do modo de locomoção deles.

  • Sarcodíneos ou rizópodos: se locomovem através de pseudópodes que são prolongamentos do citoplasma que funcionam como falsos pés. Fazem parte desse grupo as amebas, os foraminíferos, os heliozoários e os radiolários.
  • Ciliados: se movem através de cílios, filamentos curtos e numerosos. Maioria de vida livre, o Paramecium faz parte desse grupo.
  • Flagelados: se locomovem através de flagelos em forma de chicote que também são usados para capturar alimentos. As espécies de Trypanosoma fazem parte desse grupo.
  • Esporozoários: esses indivíduos não possuem estrutura locomotora, eles são parasitas de outros animais, inclusive dos humanos. O plasmódio causador da malária faz parte desse grupo.

Doenças causadas por protozoários?

Muitos protozoários podem causar doenças aos seres humanos, entre as principais podemos citar a malária, a amebíase, a doença de Chagas, a leishmaniose visceral e a giardíase.

A malária pode ser causada por três espécies de Plasmodium que afetam pessoas que vivem, principalmente, em regiões tropicais.

Ela é transmitida através da picada da fêmea do mosquito Anopheles que possuem hábito noturno. Os principais sintomas da malária são febre alta, calafrios, dor de cabeça, transpiração excessiva e vômitos.

A amebíase é uma infecção causada pela ingestão do protozoário Entamoeba histolytica, em água ou alimentos contaminados. Essa pode ser uma doença assintomática ou com muita diarreia.

A doença de Chagas é causada pela picada do barbeiro contaminado com o protozoário Trypanosoma cruzi ou por transfusões de sangue, complicações gestacionais, transplantes de órgãos e etc.

Nem sempre a doença de Chagas manifesta sintomas nos primeiros anos, mas quando a doença se manifesta o principal órgão afetado é o coração.

A leishmaniose visceral é transmitida pelo protozoário Leishmania chagasi e a principal forma de transmissão é a picada do inseto flebotomídeo.

Entre outros sintomas, a leishmaniose pode causar o aumento do baço, aumento do fígado, anemia, tosse e diarreia.

Veja também:

você pode gostar também