Citologia

Vamos conhecer as células e todos seus componentes? Continue lendo!

0
A citologia é um ramo da ciência que estuda as células e todas as suas estruturas internas, externas, suas funções e importâncias para os seres vivos.

Como se classificam as células?

As células podem ser classificadas como procariontes ou eucariontes. As células procariontes são primitivas e não possuem uma membrana envolvendo o material genético, ou seja, não possuem um núcleo organizado com membrana nuclear. As bactérias são exemplos de células procariontes.

As eucariontes possuem uma membrana nuclear, ou seja, o material genético fica retido dentro do núcleo. As células desse tipo podem ser divididas em célula vegetal e célula animal.

Estruturas que estão dentro das células

Membrana plasmática: composta por uma bicamada lipídica e contém proteínas transmembranas que estão envolvidas no transporte de substâncias entre as células. A membrana plasmática é semipermeável e controla a entrada e saída de água e solutos da célula.

Parede celular: presente apenas nas células vegetais, composta por depósito de camadas de celulose e pode ocorrer deposição de camada secundária. Ela confere resistência e manutenção do formato da célula.

Núcleo: contém o material genético da célula.

Citoplasma: formado pelo citoesqueleto e por uma matriz gelatinosa chamada de citosol, é nele que estão imersas as organelas.

Glicocálix: confere proteção para a célula e promove reconhecimento entre células do mesmo tecido.

Organelas

As organelas são estruturas delimitadas por membranas que desempenham papéis específicos e importantes para o funcionamento das células.

Existem muitas organelas e elas podem ser combinadas de diferentes maneiras dependendo de qual tecido a célula se encontra. Veja quais são elas e suas funções:

  • Retículo endoplasmático liso: transporta aminoácidos, promove a síntese de lipídios, carboidratos e alguns hormônios.
  • Retículo endoplasmático rugoso: sintetiza e armazena proteínas, contém ribossomos aderidos em sua membrana.
  • Ribossomos: envolvido na síntese de proteínas.
  • Lisossomos: realizam digestão celular.
  • Complexo golgiense ou complexo de Golgi: síntese de polissacarídeos e outras secreções celulares.
  • Mitocôndria: síntese de moléculas energéticas através da respiração celular.
  • Peroxissomos: decompõe substâncias tóxicas.
  • Centríolos: compõe o citoesqueleto, são importantes para as divisões mitificas e formam cílios e flagelos em células específicas.
  • Plastídeos: organelas exclusivas das plantas, fazem reservas de substâncias e pigmentos. Podem ser amiloplastos,  que reservam amido, cromoplastos, que reservam pigmentos que dão cores aos frutos e flores, ou cloroplastos, que contém o pigmento clorofila, responsável pela absorção de luz para a fotossíntese das plantas.
  • Vacúolos: vesículas que fazem reserva de substâncias, presentes principalmente nas células vegetais.

Células vegetais e células animais

As células vegetais possuem uma série de características que as células animais não têm.

Nas células vegetais, além da membrana plasmática existe a parede celular como envoltório. Elas também possuem os plastídios que fazem reservas de substâncias ou pigmentos e um deles é uma estrutura especializada para a fotossíntese, o cloroplasto.

As células animais, por sua vez, possuem os centríolos, estruturas que são importantes para manter o formato da célula e estão envolvidas na divisão celular.

Citologia - Célula animal
Citologia – Célula animal
Citologia - Célula vegetal
Citologia – Célula vegetal

Veja também:

você pode gostar também