Transplantes

Os transplantes podem salvar vidas! Neste post vamos conhecer esse procedimento.

0

Os transplantes são realizados para a reposição de células, tecidos ou órgãos doentes por outros saudáveis. Muitas vezes, um transplante pode ser a única forma de alguém continuar vivo ou se curar de uma doença.

Para que o transplante ocorra, às vezes, é necessário que ocorra a doação de um órgão ou tecido, por isso, a doação de órgãos é um ato muito importante.

Tipos de transplante

Os transplantes podem ser de dois tipos: autólogo ou alogênico.

No transplante autólogo, as células ou tecidos usados no transplante são da própria pessoa que irá receber. Eles são removidos de uma parte do corpo e implantadas em outro.

Esse tipo de transplante é conhecido popularmente como enxerto.

O transplante alogênico ocorre entre duas pessoas, um doador e um receptor. O órgão ou tecido é retirado de uma pessoa saudável e implantado na pessoa que está doente.

Em alguns casos o doador pode ser uma pessoa viva, como nas transfusões sanguíneas ou transplantes renais. Mas em outros, o doador pode ser uma pessoa que teve morte encefálica.

A morte encefálica acontece quando há perda completa e irreversível de todas as funções cerebrais.

Nesse caso, as leis brasileiras só permitem a doação dos órgãos se a família da pessoa autorizar, mesmo que ela tenha expressado essa vontade em vida.

Requisitos para que os transplantes

  • Doador e receptor sejam irmãos gêmeos idênticos;
  • Doador e receptor possuam genes compatíveis.

Rejeição do transplante

Os transplantes alogênicos ocorrem apenas entre pessoas com alta compatibilidade de genes. E, mesmo tendo compatibilidade, pode haver rejeição do órgão ou tecido transplantado.

Para que isso não aconteça, são necessários o uso de medicamentos imunossupressores que evitem um ataque do sistema imunológico do receptor ao órgão recebido.

Tempo de para realização do transplante

  • Coração: 4 horas
  • Pulmão: 4 a 6 horas
  • Rim: 48 horas
  • Fígado: 12 horas
  • Pâncreas: 12 horas

Curiosidades

O Brasil possui o maior sistema público de transplantes do mundo. Nosso país é uma referência mundial na área de transplantes e, em número de transplantes realizados, o Brasil só fica atrás dos EUA.

A maioria dos transplantes aqui, cerca de 96%, são realizados através do Sistema Único de Saúde (SUS). Esses pacientes recebem assistência integral e gratuita do pré-transplante ao pós-transplante.

Veja também:

você pode gostar também