Aula prática – Anelídeos (Minhocas)

Que tal fixar o que estudamos sobre os anelídeos?

0
Os anelídeos são animais do Filo Annelida, invertebrados e com corpo segmentado em anéis.

Depois de estuda-los, que tal analisarmos esses animais na prática com algumas experiências?

TEMA: Anelídeos

TEMPO DE DURAÇÃO: 1 aula de até 50 minutos.

OBJETIVOS:

  • Conhecer o corpo dos anelídeos e perceber os movimentos desses animais.

MATERIAIS NECESSÁRIOS:

  • Minhocas diversas (você pode procurar cavando numa terra bastante úmida ou comprar em casas especializadas em pesca)
  • Bandejas
  • Lanterna
  • Álcool 70%
  • Algodão
  • Pote de vidro (pode ser reutilizado de alimentos em conserva)
  • Um pouco de terra, suficiente para encher o vidro
  • Algumas cores de pó de giz colorido (giz moído)
  • Lupa de mão
  • E para finalizar você vai precisar também de: curiosidade!

DESENVOLVIMENTO:

  1. Divida os alunos em grupos de no máximo 4 para que todos possam observar com calma.
  2. Monte uma bancada de experimento para cada grupo. Caso haja muitos grupos, monte uma bancada grande e eleja um representante por grupo para buscar os materiais necessários.
  3. Não esqueça de lembrar aos seus alunos que as minhocas são seres vivos e merecem respeito e cuidado. Não vamos machuca-las!
  • Experimento 1 – Observação da morfologia da minhoca

Coloque algumas minhocas na bandeja e tente encontrar todas as partes do seu corpo, inclusive as estruturas reprodutivas e o clitelo.

Anote todas as suas observações no caderno e faça um desenho.

  • Experimento 2 – Locomoção das minhocas

Ainda com as minhocas da bandeja, observe cuidadosamente com a lupa de mão as cerdas do seu corpo. Observe como ela se locomovem na bandeja.

Anote todas as suas observações no caderno.

  • Experimento 3 – Fotorreceptores

Sabemos que a minhoca não tem olhos, mas será que ela fica sensibilizada com a luz?

Com cuidado, acenda rapidamente a lanterna próximo a uma minhoca, sem encostar nela. Observe e anote como ela reagiu.

Agora que você já percebeu que as minhocas fogem da luz, explique por que isso acontece.

  • Experimento 4 – Sensorial

Molhe um pedaço de algodão com álcool, com muito cuidado e sem encostar na minhoca, aproxime o algodão dela.

Veja como ela reage e descreva e explique porquê.

  • Experimento 5 – Minhocário

Pegue o pote de vidro, coloque uma camada de terra úmida com minhocas, uma camadinha fina (mas visível no vidro) de uma cor de giz, mais uma camada de terra úmida com minhocas e mais uma camadinha de outra cor de giz. Repita até que o vidro esteja cheio.

Coloque o vidro aberto em um lugar arejado e observe durante uma semana o que acontece.

Descreva em seu caderno.

AVALIAÇÃO:

O que esperar de cada experimento? Vamos lá:

  • Experimento 1: observar todas as partes do corpo e conseguir identificar as estruturas reprodutivas, inclusive o clitelo, aquele anel mais claro que é responsável pela formação do casulo.
  • Experimento 2: observar que as minhocas se locomovem com ajuda das cerdas e dos movimentos musculares de seu corpo.
  • Experimento 3: a luz faz com que a pele da minhoca perca água e isso pode atrapalhar a respiração cutânea, matando a minhoca (por isso precisa ser bem rapidinho). Ela consegue perceber a luz mesmo sem ter olhos porque possui fotorreceptores na sua pele.
  • Experimento 4: as minhocas possuem um sistema nervoso, e as células sensoriais deles percebem barulhos, vibrações e fortes odores.
  • Experimento 5: você pode fazer apenas um minhocário para a turma, utilize tanto minhocas que não foram usadas nos outros experimentos quanto as que foram usadas.

Clique aqui para baixar esse plano de aula em PDF!

Veja também:

você pode gostar também