Psoríase

A psoríase é uma doença de pele causada pelo acúmulo de células que descamam.

0
A psoríase é uma doença de pele crônica e não contagiosa. Os sintomas dela são cíclicos, ou seja, aparecem e desaparecem periodicamente.

A causa da psoríase ainda não é completamente esclarecida, mas sabe-se que ela está relacionada ao sistema imunológico, as interações com o meio ambiente e a probabilidade genética do indivíduo.

Acredita-se que os sintomas sejam iniciados quando os anticorpos linfócitos T liberam substâncias inflamatórias e fazem com que as células aumentem sua produção para se proteger. Isso provoca descamação da pele para eliminar o excesso de células mortas.

A cadeia de sintomas só é quebrada quando o tratamento é iniciado e inibi a produção das substâncias inflamatórias dos linfócitos T.

Sintomas da psoríase

A psoríase pode ter diversos graus e os sintomas variam entre eles. Nos graus mais moderados pode haver apenas um desconforto quando alguns sintomas aparecem.

No entanto, em casos mais graves, essa pode ser uma doença que causa muita dor e pode afetar muito a qualidade de vida do paciente, já que os sintomas afetam a aparência e diminuem a autoestima.

Os sintomas podem variar entre os pacientes, mas podem ocorrer:

  • Manchas vermelhas na pele com escamas secas que possuem coloração esbranquiçadas;
  • Manchas brancas menores que podem escurecer após as lesões;
  • Ressecamento da pele, podendo ter sangramento;
  • Coceira na pele, sensação de queimação e dor;
  • Engrossamento, sulcos e descolamentos nas unhas;
  • Inchaço e rigidez em todas as articulações.
Psoríase - Sintomas
Psoríase – Sintomas (Imagem da Sociedade Brasileira de Dermatologia)

Fatores que aumentam o risco de desenvolver psoríase

  • Histórico familiar: cerca de 40% dos pacientes possuem mais alguém na família que possui a doença;
  • Estresse: altos níveis de estresse afetam o sistema imunológico e podem desencadear a doença;
  • Obesidade: o excesso de peso pode desencadear a psoríase invertida.
  • Clima frio: as temperaturas baixas podem facilitar o aparecimento da doença devido ao ressecamento da pele;
  • Tabagismo: fumar não só aumentar o risco do aparecimento da doença como aumenta o grau das lesões existentes;
  • Consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

Tratamento para psoríase

O tratamento depende do tipo de psoríase e da gravidade das lesões. Os tipos mais comuns de tratamento são:

  • Uso de pomadas e cremes diretamente nas lesões;
  • Medicamentos em comprimidos ou injeções;
  • Fototerapia com luz ultravioleta sob supervisão médica.

Prevenção da psoríase

O estilo de vida saudável é a melhor prevenção que se pode fazer para a evitar o aparecimento de lesões da psoríase. Ele também pode melhorar as lesões já existentes, pois melhora o funcionamento do sistema imunológico.

Consultas com o médico dermatologista também são importantes assim que surgirem os primeiros sinais da doença.

Veja também:

você pode gostar também