Água deionizada

A água deionizada passa por um processo de purificação para retirada de sais minerais.

0
A água deionizada, que também pode ser chamada de água desmineralizada, é uma água purificada, livre de íons provenientes dos sais minerais presentes na água que vem da natureza.

A água proveniente do ciclo da água é acrescida de diversas substâncias além do oxigênio e hidrogênio. Essas substâncias são compostas por sais minerais, metais pesados, partículas orgânicas, bactérias e outras substâncias que são provenientes da ação do homem na natureza.

O que é água deionizada?

A água deionizada passa por um processo chamado de deionização, que consiste em um sistema que neutraliza todos os íons dos sais minerais que estão presentes na água mesmo após o processo de destilação.

A neutralização desses íons é feita através da adição ou remoção de elétrons utilizando resinas que contém cargas contrárias.

Para que serve a água deionizada?

A água deionizada é bastante utilizada em processos físico-químicos laboratoriais, mas também pode ser utilizada em motores de automóveis e eletroeletrônicos como os ferros de passar roupa ou produtos da indústria de beleza e cosmética.

A água purificada e neutralizada oferece menos riscos para que as soluções utilizadas em laboratórios tenham interferência de outros compostos.

Já nos motores, o uso dela diminui o risco de oxidação dos motores e outros aparelhos com o tempo, já que não possui minerais que possam corroer partes metálicas.

Água deionizada - Experimento com água deionizada
Água deionizada – Experimento com água deionizada

Como é produzida a água deionizada?

A água deionizada é produzida em um aparelho chamado de deionizador. Dentro do deionizador de água existe um sistema contendo resinas insolúveis, aniônicas e catiônicas.

Apesar de poder ser utilizada água da natureza no deionizador, o recomendado é que se use água destilada, ou seja, que já passou por um primeiro processo de purificação. Assim, o resultado da deionização será mais eficiente.

Os íons que estão na água que entra no deionizador são trocados pelos íons presentes nas resinas do sistema. As resinas catiônicas irão trocar seus íons hidrogênio (H+)  por íons de cálcio, magnésio, ferro, manganês, alumínio, cobre, zinco, cromo, níquel, entre outros cátions metálicos e de outros tipos que possam existir na água.

Já as resinas aniônicas, oferecem íons hidroxila (OH) em troca dos íons de clorato, cloreto, sulfato, sulfito, nitrato, fosfato, fluoreto, sílica e outros ânions.

Em resumo, os sistemas dos deionizadores são compostos por resinas que promovem trocas iônicas especificas para cátions ou ânions. As resinas que possuem carga catiônica liberam íons H+ e aniônicas que liberam íons OH- na água.

Água deionizada - Aparelho deionizador
Água deionizada – Aparelho deionizador

Quais os benefícios da deionização?

A deionização é a tecnologia mais atual e eficaz para purificação da água através da retirada de sais inorgânicos que estão dissolvidos.

A água tratada pelo deionizador é 100% utilizada, o consumo de energia é baixo e o custo de instalação do aparelho é pequeno.

Curiosidades

  • A água deionizada não deve ser utilizada para consumo pois pode causar desidratação e deficiência de sais minerais no corpo.
  • A água que sai do ar condicionado e da geladeira são águas parcialmente deionizadas, no entanto, elas não devem ser utilizadas em processos físico-químicos controlados pois não é um processo controlado.
  • A água deionizada não pode entrar em contato com superfícies metálicas pois ela será novamente ionizada. Também deve-se evitar o contato com superfícies plásticas pois com o tempo o plástico pode transferir substâncias para a água, sendo assim, ela deve ser armazenada preferencialmente em embalagens de vidro.

Veja também:

você pode gostar também