Héstia – Deusa do fogo na mitologia grega

Héstia foi uma das deusas mais gentis do Olimpo. Segundo as lendas, ela era uma das poucas que permanecia longe das guerras e conflitos.

0

Héstia era uma das deusas do Olimpo. Ela foi a terceira mais velha, sendo mais nova apenas que Hera e Deméter.

Vários deuses, como Apolo e Poseidon a desejavam. Apesar disso, ela jurou a seu irmão, Zeus, que se manteria virgem e para isso, pediu ajuda do deus. Em troca, lhe foi concedida a honra de ser adorada em todos os lares.

De acordo com as lendas, Héstia era considerada uma das deusas mais gentis. Tanto que ela foi uma das poucas que não se envolveu nas guerras e conflitos que aconteceram.

A deusa não chegou a ser muito representada em pinturas ou esculturas. Porém, na maioria das vezes, quando esculpida, tinha um véu que cobria o rosto, além de um vestido branco. A roupa clara representaria sua pureza e caráter.

Quem foi Héstia? 

Héstia foi a deusa grega do lar, do fogo e da família. Ela não teve filhos e nem se casou. Por isso, não foi envolvida em muitas histórias, como os outros deuses.

A deusa costuma ser representada como uma mulher modesta que usava um véu e segurava um ramo florido. Por ser uma divindade muito gentil, não se envolvia na rivalidade entre os outros irmãos.

Ela mantinha o fogo sagrado do Monte Olimpo e das casas dos gregos seguros. O elemento era importante, pois mantinha a casa aquecida e ainda era utilizado para cozinhar.

Héstia ainda ajudava a manter paz nas famílias e também ensinava as pessoas a construir suas casas.

História de Héstia 

Héstia foi a primeira filha dos governantes Cronos e Reia a ser engolida pelo pai. Quando o deus foi forçado por Zeus a vomitar os filhos, a deusa do fogo foi a última a sair.

Os irmãos olimpianos de Héstia eram: Zeus, Demeter, Hera, Hades e Poseidon. Juntos, eles derrotaram os Titãs. Depois disso, se reuniram no Monte Olimpo, ao comando de Zeus, o deus dos deuses.

Mesmo não tendo grande destaque nas histórias da mitologia grega, Héstia teve um papel importante na vida da Grécia. Dessa forma, o povo, em qualquer adoração, oferecia sacrifícios para a deusa em primeiro lugar.

Curiosidades sobre Héstia

Confira algumas curiosidades sobre Héstia:

  • Héstia é a palavra grega para “lareira”.
  • Quando uma cidade era fundada fora da Grécia, uma parte do fogo da fogueira de Héstia era levado, para que servisse como símbolo da ligação com a terra materna.
  • Héstia dificilmente era representada de forma humana, mas como fogo.
  • A deusa sempre era adorada antes dos outros deuses nas comemorações.

Veja também:

você pode gostar também