Tancredo Neves

Tancredo Neves foi o primeiro presidente do Brasil eleito (de forma indireta) após a ditadura militar.

0

Tancredo Neves foi um político brasileiro que ocupou os postos de deputado, senador, governador e ministro. Durante a ditadura militar no Brasil, ele atuou como oposição ao regime, apoiando ativamente a redemocratização do Brasil.

Eleição

Tancredo Neves fez parte do movimento Diretas Já, que ocorria nas ruas clamando para que ocorresse eleições diretas para o cargo de presidente do Brasil.

Com isso, o deputado federal Dante de Oliveira, elaborou a Emenda Constitucional Dante de Oliveira, materializando o anseio da população brasileira de participar da política do país.

Contudo, ela não foi aprovada pelo Congresso. Tancredo Neves se lança, então, como candidato ao posto presidencial pelo Colégio Eleitoral.

Assim, por meio de eleições indiretas, Tancredo Neves foi eleito presidente do Brasil, em 1985. No entanto, com sérios problemas de saúde, ele morre antes de tomar posse do cargo.

José Sarney, seu vice, assume a presidência do Brasil.

Morte de Tancredo Neves

Tancredo Neves já vinha sentindo dores no abdômen. No entanto, nos dias que antecederam sua posse, elas se tornaram mais intensas.

Um dia antes de tomar posse, ele foi a uma celebração religiosa no Santuário Dom Bosco, em Brasília. Ali, sentiu fortes dores e foi levado às pressas para o Hospital de Base do Distrito Federal.

Lá, ele teve o conhecimento de que seu tratamento só poderia ser realizado com uma cirurgia, por estar em um estado avançado de infecção.

Como o então presidente eleito não poderia empossar no cargo de presidente da República, seu vice, José Sarney, o fez. Assim, no dia 15 de março de 1985, Sarney toma posse da presidência.

Tancredo passou por sete cirurgias durante todo o período de sua internação. Em 21 de abril de 1985, ele morre e José Sarney se torna de fato o presidente do Brasil.

A primeira causa apontada para a morte de Tancredo foi diverticulite. No entanto, laudos posteriores afirmaram que a real causa da morte do então presidente eleito, foi um leiomioma benigno (tumor benigno), que, após sofrer complicações em sua retirada e após sucessivos procedimentos cirúrgicos, ocasionaram a sua morte.

Saiba mais em:

você pode gostar também