Período Homérico

O Período Homérico se caracterizou pela formação da civilização grega.

0

O Período Homérico (XII a.C. – VIII a.C.) recebeu esse nome devido a falta de fontes históricas do período além dos poemas Ilíada e Odisseia, escritos por Homero, poeta grego.

Ambos os poemas foram escritos, provavelmente, no século VI a.C., descrevendo o último ano da Guerra de Troia e a volta de Odisseu para seu reino depois do conflito.

O que foi o Período Homérico?

As principais fontes históricas do período que corresponde a invasão dórica e a organização das genos são os poemas escritos por Homero, Ilíada e Odisseia.

Ilíada fala sobre o modo de vida dos gregos durante a Guerra de Troia e Odisseia trata da volta dos heróis da guerra e da viagem de Ulisses.

A invasão dórica foi a responsável pelo retrocesso da produção material e cultural da região. As cidades foram abandonadas e o comércio, que antes era ativo, desapareceu.

A sociedade voltou a se organizar de uma forma mais simples, com o retorno ao campo e à vida rural. A sociedade grega começou a se organizar em genos (clãs), por isso nos referimos à ela como sociedade gentílica.

Era uma comunidade formada por uma grande família, comandada por um patriarca. Tais agrupamentos asseguravam sua sobrevivência a partir da atividade coletiva. Com isso, o trabalho, a produção e os bens pertenciam a todos.

A sociedade gentílica desapareceu por vários motivos. A produção coletiva não conseguiu acompanhar o aumento demográfico, o que causou fome na população.

Com isso, os chefes de família, aliado aos seus descendentes mais próximos, acumularam as melhores terras e formaram uma pequena aristocracia chefiada pelo basileu (chefe militar-religioso), que se desenvolveu aos poucos.

Grande parte da população empobrecida, se concentrou nas atividades artesanais ou se mudou para outros locais em busca de novas terras.

Tal situação desencadeou vários conflitos por terras entre as tribos, contribuindo para a escravização das tribos vencidas.

O processo de desintegração das sociedades gentílicas e de reunião das genos, possibilitou a formação das cidades-Estados gregas.

Saiba mais em:

você pode gostar também