O que é biodiversidade

O planeta Terra é muito diverso biologicamente, englobando os seres vivos, os genes e os ecossistemas. Conheça mais sobre o que é biodiversidade.

0

A Terra é muito grande e composta por diversos seres vivos. Existem seres menos complexos, como as bactérias, e seres muito complexos, como os seres humanos.

Dentro de cada reino, existe uma grande quantidade de espécies e, mesmo em só uma espécie, uma grande variedade de genes. Toda essa riqueza de seres vivos é chamada de biodiversidade.

O que é biodiversidade

Biodiversidade é o conceito que resume a variedade de vida na Terra, considerando os seres vivos, a variabilidade genética e os ecossistemas. Assim, toda a riqueza do mundo natural é englobada por meio da palavra “biodiversidade”.

Esse termo foi oficializado na Convenção da Diversidade Biológica, que aconteceu durante a Rio-92. Nessa convenção, mais de 160 países assinaram um acordo que visa garanti a conservação e o uso sustentável dos recursos naturais.

Níveis da biodiversidade

Por mais que muitos pensem somente em animais e florestas, a diversidade biológica abrange muito mais que isso. Para categorizar o mundo natural, são utilizados os três níveis da biodiversidade:

  • Diversidade de espécies: engloba todos os seres vivos, dos mais simples ao mais complexos;
  • Diversidade genética: variedade de genes que existe entre os indivíduos de uma espécie;
  • Diversidade de ecossistemas: diversidade de ecossistemas em que os seres vivos estão inseridos.

Vale ressaltar que nenhum nível é mais importante que o outro. Todos são igualmente importantes para a sobrevivência dos seres vivos.

Biodiversidade brasileira

A biodiversidade do Brasil se destaca por ser uma das mais ricas do planeta, com estatísticas de fauna e flora bem expressivas. Alguns dos principais dados sobre a biodiversidade brasileira são:

  • Aves: 1.800 espécies, segundo estimativas;
  • Briófitas: 22% da biodiversidade do mundo;
  • Pteridófitas: aproximadamente 1.400 espécies, ou seja, 12% da biodiversidade mundial;
  • Angiospermas: mais de 45 mil espécies;
  • Fungos: cerca de 5 mil espécies, o equivalente a 10% da biodiversidade mundial;
  • Insetos: estima-se entre 90 e 120 mil espécies;
  • Mamíferos: mais de 650 espécies.

Ameaças à biodiversidade

Mesmo sendo essencial para a vida de todas as espécies, incluindo os seres humanos, a ação do homem é nociva à biodiversidade do planeta. Alguns das principais ameaças à biodiversidade são:

  • Poluição;
  • Uso excessivo dos recursos naturais, como as florestas para produção de papel;
  • Desmatamento;
  • Expansão urbana e industrial;
  • Exploração excessiva de determinadas espécies;
  • Mudança no habitat de espécies animais e vegetais;
  • Emissão de gases de efeito estufa.

Devido a essas ações, diversas plantas e animais foram extintos ou estão em risco de extinção. Essas ameaças também atingem os seres humanos e podem causar doenças e mudanças climáticas.

Veja mais:

você pode gostar também